Após vitória de Marina Rodriguez, Dana White indica que brasileira irá lutar pelo cinturão

Presidente do Ultimate não crava, mas sugere que gaúcha pode ter garantido oportunidade enfrentar vencedora de ‘Namajunas x Esparza’

M. Rodriguez em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

A vitória de Marina Rodriguez no UFC 272 pode ter carimbado o passaporte da brasileira para uma disputa de cinturão nos palhas (até 52,1kg.). Depois de acompanhar o triunfo da gaúcha contra Yan Xiaonan no evento deste sábado (5), o presidente do Ultimate, Dana White, afirmou que a brasileira deverá lutar pelo título contra a vencedora do embate entre a campeã Rose Namajunas e Carla Esparza. O embate entre as norte-americanas, no entanto, ainda não tem data definida.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Faz sentido. Faz muito sentido”, afirmou White, em coletiva de imprensa após o show do fim de semana.

Atual número três no ranking dos palhas, Marina vive um grande momento em sua carreira como profissional no MMA. Com a vitória sobre a chinesa, a gaúcha atingiu a marca de quatro vitórias consecutivas na categoria liderada por Namajunas.

PUBLICIDADE:

Após bater Xiaonan, a brasileira, ainda no octógono, pediu em alto e bom tom por uma oportunidade de atuar pelo cinturão. Hoje, a gaúcha tem apenas a próxima desafiante ao título, Carla Esparza e a ex-campeã, Weili Zhang, à sua frente.

No confronto contra Yan, Marina teve dificuldades no primeiro round. A gaúcha, no entanto, soube reverter as dificuldades e superou a adversária nos assaltos finais, levando o triunfo na decisão dividida dos juízes.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano