Em luta eletrizante, Dos Anjos tem atuação implacável e supera Moicano em duelo brasileiro no UFC 272

Carioca impõe forte ritmo, 'machuca' brasiliense e vence na decisão unânime dos juízes

R. dos Anjos (esq.) bateu R. Moicano em duelo brasileiro no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Na segunda luta mais importante do UFC 272, evento realizado neste sábado (5), Rafael dos Anjos e Renato Moicano se enfrentaram em peso casado (até 72,6kg.). E, apesar de ter seu adversário alterado na semana do evento, o carioca impôs ritmo agressivo e conseguiu sair vitorioso na decisão unânime dos juízes em cinco rounds.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Dos Anjos, que inicialmente enfrentaria Rafael Fiziev no show, mostrou que não sentiu a troca de adversário e voltou a atuar bem. Ex-campeão dos leves (até 70,3kg.), o carioca conta com um cartel de 31 triunfos e 13 reveses em sua carreira como profissional.

Por outro lado, Moicano tem a sequência de duas vitórias quebrada e, depois de 20 dias desde sua última atuação, não consegue um novo triunfo. Profissional desde 2010, ele tem um histórico de 15 resultados positivos, quatro negativos um empate.

PUBLICIDADE:

A Luta

O primeiro round foi marcado pela intensidade dos dois lutadores. Moicano começou no chute alto e mediu a distância antes da aproximação de Dos Anjso. Renato, em seguida, tentou buscas as costas no clinch, mas não conseguiu ser efetivo. Rafael cruzou a esquerda, grampeou e colocou a luta para baixo. Em posição de dominância, ele aplicou duros socos e cotoveladas.

Dos Anjos voltou melhor na trocação e encontrou boas combinações na curta distância. Moicano, por sua vez, investia nas trocas de bases e chutava baixo para desequilibrar o carioca. Rafael, então, investiu na pegada para a queda e voltou a trabalhar um forte ritmo no grappling com intensidade até o final do round.

Com o rosto mais machucado, Moicano não desistiu e teve bons momentos em pé. Ele, no entanto, sentiu um chute alto aplicado por Dos Anjos e caiu desnorteado. Então, Rafael ainda tentou uma pressão em sequência, mas viu Renato se recuperar. No intervalo, o árbitro foi chamado para avaliar a situação do brasiliense, que já tinha o olho totalmente fechado, mas liberou o seguimento da luta.

PUBLICIDADE:

No quarto round, Dos Anjos decidiu por não correr riscos em pé e conseguiu uma queda. E, novamente com grande ritmo, laçou o pescoço de Moicano para tentar uma finalização, mas viu o compatriota fazer a defesa. Por cima, ele cortou a testa de Renato com duras cotoveladas. O médico do Ultimate voltou a observar e liberou a volta do brasiliense ao quinto round.

O último assalto contou com Renato Moicano em ‘modo zumbi’ e, em boa parte, teve grandes momentos na trocação, chegando a balançar Rafael dos Anjos, que aguentou até o final e saiu com a vitória.

PUBLICIDADE:

Resultados do UFC 272

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-médio (até 77kg.): Colby Covington derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juizes (49-46, 50-44, 50-45)

Peso casado (72,6kg): Rafael dos Anjos derrotou Renato Moicano na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-44,50-44)

Peso pena (até 65,7kg.): Bryce Mitchell derrotou Edson Barboza na decisão unânime dos juízes (30-25,30-26, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Kevin Holland derrotou Alex Cowboy por nocaute técnico (socos) aos 38s do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergey Spivak derrotou Greg Hardy por nocaute técnico (socos) aos 2m16s do R1

CARD PRELIMINAR 

Peso leve (até 70,3kg.): Jalin Turner derrotou Jamie Mullarkey por nocaute técnico (socos) aos 46s do R2

Peso palha (até 52,1kg.): Marina Rodriguez derrotou Yan Xiaonan na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Nicolae Negumereanu derrotou Kennedy Nzechukwu na decisão dividida dos juízes (27-29, 29-27,29-27)

Peso mosca (Até 56,7kg.): Maryna Moroz derrotou Mariya Agapova por finalização (katagatame) aos 3m27s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Umar Nurmagomedov derrotou Brian Kelleher por finalização (mata-leão) aos 3m15s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Tim Elliott derrotou Tagir Ulanbekov na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Ludovit Klein derrotou Devonte Smith na decisão dividida dos juízes (28-29,29-28,30-27)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dustin Jacoby derrotou Michal Oleksiejczuk na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276