AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Bryce Mitchell anula Edson Barboza no UFC 272, vence por pontos e amplia mau momento do brasileiro nos penas

Norte-americano abusa do wrestling e controla veterano por três rounds no card principal deste sábado

B. Mitchell derrotou E. Barboza no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque no card principal do UFC 272, realizado neste sábado (5), em Las Vegas (EUA), Edson Barboza não conseguiu repetir as boas atuações do passado. Adversário de Bryce Mitchell em confronto disputado nos penas (até 65,7kg.), o brasileiro foi vítima da estratégia perfeita do norte-americano, que conseguiu anular o veterano por três rounds. Ao fim de 15 minutos de confronto o rival do tupiniquim foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com o resultado, Barboza acaba vendo sua situação nos penas se complicar. Na categoria desde maio de 2020, o lutador de Nova Friburgo (RJ), agora, chega ao terceiro tropeço em cinco compromissos no grupo.

Considerado uma promessa da organização para o futuro, Mitchell conquistou sua vitória mais importante na carreira, até o momento. Além de bater uma referência no UFC, o norte-americano ampliou a invencibilidade na carreira. Agora, o lutador tem 15 triunfos em sua trajetória no MMA e não sabe o que é perder na modalidade.

PUBLICIDADE:

Em entrevista após o anúncio oficial do resultado, Bryce pediu um dos bônus de performance no UFC. O lutador afirmou que os sonhados US$50 mil  (cerca de R$253 mil) serão usados para ajudar crianças carentes no estado norte-americano do Arkansas.

A luta

O confronto começou com Barboza lançando dois chutes baixos na base do adversário. O norte-americano absorvia bem as investidas e tentava encurtar a distância do brasileiro. O tupiniquim seguia apostando nos chutes baixos, mas Bryce não dava sinais de incômodo. Passado pouco mais de um minuto, Mitchell conectou um direto de esquerda no rosto do tupiniquim, que caiu. Na sequência, o norte-americano conseguiu a queda e passou a agredir o rival com golpes de cima para baixo. Em posição de desvantagem, Barboza recebia ataques potentes do adversário. O brasileiro tentava travar o embate, mas Bryce seguia agressivo. No minuto final, Edson conseguiu ‘explodir’ e ficou de pé. O confronto, então, voltou a ser disputado no centro do octógono. Perto do fim da etapa, o brasileiro encaixou um direto limpo no rosto do norte-americano, que passou a caminhar para trás, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

No segundo round, o brasileiro voltou a atacar primeiro, com um novo chute baixo. Na sequência, Mitchell se aproveitou de um descuido do tupiniquim, esquivou um soco e levou Barboza para o chão. Como na primeira etapa, o norte-americano voltou a agredir o atleta de Nova Friburgo no ground and pound. Na metade do assalto, o rosto de Barboza apresentava um ferimento, consequência dos ataques do rival. Passados pouco mais de três minutos, Edson conseguiu ficar de pé, mas foi imediatamente quedado pelo norte-americano. Bryce seguia controlando as ações e não permitia a recuperação do tupiniquim. Perto do minuto final, Mitchell aumentou a pressão a situação ficava dramática para o veterano. A etapa acabou com Bryce pressionando por cima.

PUBLICIDADE:

No último round, Edson lançou um cruzado logo nos segundos iniciais. O brasileiro desequilibrou o rival com um direto, mas não quis saber de ir para o chão com o norte-americano. Pouco mais de um minuto de luta, Mitchell esquivou um ataque do tupiniquim e voltou a derrubar o veterano. Por cima, Bryce continuava pontuando e atacava o rival no ground and pound. Perto do minuto final, Barboza tentava se levantar, mas Mitchell não permitia a recuperação do tupiniquim. O norte-americano conseguiu a montada e atacava o brasileiro com socos. Nos segundos finais, as cotoveladas de Bryce passaram a entrar limpas e Barboza apenas se protegia. O round acabou com o norte-americano por cima.

Resultados do UFC 272

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio (até 77kg.): Colby Covington derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juizes (49-46, 50-44, 50-45)

Peso casado (72,6kg): Rafael dos Anjos derrotou Renato Moicano na decisão unânime dos juízes (49-45, 49-44, 50-44)

Peso pena (até 65,7kg.): Bryce Mitchell derrotou Edson Barboza na decisão unânime dos juízes (30-25,30-26, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Kevin Holland derrotou Alex Cowboy por nocaute técnico a 38s do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergey Spivak derrotou Greg Hardy por nocaute técnico a 2m16s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3kg.): Jalin Turner derrotou Jamie Mullarkey por nocaute técnico a 46s do R2

Peso palha (até 52,1kg.): Marina Rodriguez derrotou Yan Xiaonan na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Nicolae Negumereanu derrotou Kennedy Nzechukwu na decisão dividida dos juízes (27-29, 29-27,29-27)

Peso mosca (Até 56,7kg.): Maryna Moroz derrotou Mariya Agapova por finalização (katagatame) aos 3m27s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Umar Nurmagomedov derrotou Brian Kelleher por finalização (mata-leão) aos 3m15s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Tim Elliott derrotou Tagir Ulanbekov na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Ludovit Klein derrotou Devonte Smith na decisão dividida dos juízes (28-29,29-28,30-27)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dustin Jacoby derrotou Michal Oleksiejczuk na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276