AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Alex Cowboy começa bem, mas é nocauteado por Kevin Holland e se complica no UFC

Brasileiro sente o poder das mãos do norte-americano e acaba derrotado no segundo round; ele acumula quatro reveses seguidos e corre riscos de demissão

A. Cowboy perde para K. Holland no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram UFC

Não deu para Alex Cowboy. Primeiro representante brasileiro no card principal do UFC 272, evento realizado neste sábado (5), o carioca começou bem, mas sentiu a pressão de nocaute de Kevin Holland no segundo round. Com isso, ele vive situação delicada – com quatro derrotas seguidas – e corre riscos de demissão no Ultimate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Agora, Cowboy não consegue voltar ao caminho dos triunfos. O veterano sentiu o ‘sabor amargo’ do 12º revés, enquanto também tem 22 triunfos, um empate e duas lutas ‘sem resultado’.

Holland, que fez sua estreia nos meio-médios (até 77kg.), começa com o ‘pé direito’ na divisão liderada por Kamaru Usman. Em sua carreira, agora, são 22 resultados positivos, sete negativos e um empate.

PUBLICIDADE:

A Luta

Holland começou o combate combinando chutes baixos e na linha da cintura, enquanto Cowboy buscava achar a distância. Os dois lutadores partiram para o ‘in fight’, com trocação franca no boxe. Em um dos momentos, Alex bloqueou a tentativa do adversário e entrou com um direto que desequilibrou Kevin. Ele ainda desferiu um chute baixo e tirou a base do norte-americano. Em seguida, no entanto, o Trailblazer balançou o brasileiro com um cruzado. Nos segundos finais, Cowboy ainda buscou um mata-leão, mas foi ironizado por Holland, que acenou com seu polegar de que estava ‘vivo’ no combate.

Porém, no segundo round, tudo mudou. Holland voltou com ímpeto agressivo e aplicou uma ‘patada’ com um golpe de direita que derrubou Cowboy. O norte-americano precisou de outros socos por cima antes da interrupção do árbitro.

PUBLICIDADE:

Resultados do UFC 272

CARD PRINCIPAL 

PUBLICIDADE:

Peso meio-médio (até 77kg.): Colby Covington derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juizes (49-46, 50-44, 50-45)

Peso casado (72,6kg): Rafael dos Anjos derrotou Renato Moicano na decisão unânime dos juízes (49-46, 49-44,50-44)

Peso pena (até 65,7kg.): Bryce Mitchell derrotou Edson Barboza na decisão unânime dos juízes (30-25,30-26, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Kevin Holland derrotou Alex Cowboy por nocaute técnico (socos) aos 38s do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergey Spivak derrotou Greg Hardy por nocaute técnico (socos) aos 2m16s do R1

CARD PRELIMINAR 

Peso leve (até 70,3kg.): Jalin Turner derrotou Jamie Mullarkey por nocaute técnico (socos) aos 46s do R2

Peso palha (até 52,1kg.): Marina Rodriguez derrotou Yan Xiaonan na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Nicolae Negumereanu derrotou Kennedy Nzechukwu na decisão dividida dos juízes (27-29, 29-27,29-27)

Peso mosca (Até 56,7kg.): Maryna Moroz derrotou Mariya Agapova por finalização (katagatame) aos 3m27s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Umar Nurmagomedov derrotou Brian Kelleher por finalização (mata-leão) aos 3m15s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Tim Elliott derrotou Tagir Ulanbekov na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Ludovit Klein derrotou Devonte Smith na decisão dividida dos juízes (28-29,29-28,30-27)

Peso meio-pesado (até 93kg.): Dustin Jacoby derrotou Michal Oleksiejczuk na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano