Covington reafirma desejo de enfrentar Poirier, mas diz que tem ‘negócios inacabados’ com Usman

Norte-americano diz que ainda pensa em uma terceira luta com o nigeriano, mas quer medir forças com 'Diamante' em sua próxima apresentação

C. Covington em entrevista coletiva pós-UFC 272. Foto: Reprodução/YouTube

O novo desejo de Colby Covington é enfrentar Dustin Poirier em sua próxima apresentação no Ultimate. Mas o ‘Caos’, que venceu Jorge Masvidal no UFC 272 do último sábado (5), declarou que ainda tem ‘negócios inacabados’ com Kamaru Usman pelo título da divisão. Ele também projetou seu futuro na divisão dos meio-médios (até 77kg.).

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Honestamente, acredito que tenho alguns negócios inacabados com Kamaru (Usman), por ter saído da arena em Madison Square Garden, pois todos os fãs sabiam que eu tinha vencido os rounds 3, 4 e 5. Mas, você sabe, ele vai estar fora durante um período por ter operado a mão, acho que vou ter uma luta com Dustin Poirier”, afirmou Covington.

Colby também não deixou a oportunidade passar e provocou Dustin Poirier. O lutador disse que sequer corta peso para competir, enquanto que o ‘Diamante’ leva vantagem por sua diferença de peso.

PUBLICIDADE:

“Ele é um cara mais pesado que eu, mas corta muito peso para lutar. Eu não corto peso algum, pois sei que sou o melhor do mundo e não preciso de peso para bater ninguém. Ele não tem mais luta marcada. Nate Diaz vai enfrentar Conor McGregor, então ele está livre”, finalizou.

No combate contra o ex-amigo Masvidal, na luta principal da noite, Covington conseguiu utilizar de seu forte jogo no Wrestling para conseguir o triunfo. Com isso, ele volta a vencer depois de ter o ‘sonho’ de se tornar campeão linear frustrado por Kamaru Usman em luta de cinco rounds.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano