Dana indica que vencedor de luta entre Durinho e Chimaev disputará cinturão dos meio-médios

Presidente do Ultimate sugere que brasileiro ou sueco pode enfrentar o campeão da divisão até 77kg. após luta no UFC 273

G. Durinho (esq.) e K. Chimaev (dir.) se enfrentam no UFC 273. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Confirmada para o UFC 273, que acontece em 9 de abril, a luta entre Gilbert Durinho e Khamzat Chimaev ganhou um ingrediente importante para sua promoção. Além de inserir dois destaques dos meio-médios (até 77kg.), o confronto pode confirmar o próximo desafiante ao cinturão da divisão. Em coletiva após o evento do último sábado (5), o presidente do Ultimate, Dana White, indicou a possibilidade.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Isso faz sentido”, disse o mandatário, quando questionado sobre dar a chance de enfrentar o campeão, em caso de vitória.

Ex-desafiante da divisão, Durinho terá a oportunidade de tentar, novamente, assumir o topo do grupo. Em sua primeira tentativa, o brasileiro chegou perto de nocautear o atual dono do título, Kamaru Usman, mas acabou sucumbindo ao talento do nigeriano, sendo batido na via rápida no terceiro round.

PUBLICIDADE:

Tratado como futura estrela do UFC, Chimaev também tem muito em jogo no embate contra Gilbert. Após dar show em todas as vezes em que subiu no octógono, o sueco enfrentará, pela primeira vez na empresa, um adversário da elite dos meio-médios. O atleta, então, busca fazer valer a aposta da companhia.

Campeão da categoria até 77kg. desde 2019, Usman ainda não tem data para estrear na temporada. O campeão passou recentemente por uma cirurgia na mão e a expectativa é que o nigeriano enfrente Leon Edwards em seu próximo compromisso.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano