AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Após renovar com PFL, Harrison provoca Cyborg e afirma ter sido bloqueada por brasileira em rede social

Depois de ‘não’ ao UFC e Bellator, estrela do MMA alfineta lenda brasileira; lutadoras ensaiam superluta há meses

Mesmo renovando com PFL, K. Harrison (esq.) segue buscando luta com C. Cyborg. Foto: Montagem SUPER LUTAS

De contrato renovado com a PFL e com a possibilidade de conquistar um novo cheque de US$1 milhão, Kayla Harrison está ‘na boa’, mas não esqueceu Cris Cyborg. Ensaiando, há meses, uma superluta contra a lenda brasileira no MMA, a campeã olímpica decidiu provocar a campeã do Bellator e afirmou ter sido bloqueada pela possível rival nas redes sociais. Com direito a ‘print’, a norte-americana alfinetou.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Que droga. Fui longe demais. Cris, por favor, me enfrente. Prometo não usar judô, apenas wrestling”, escreveu Harrison, em sua conta no Twitter.

Maior estrela da PFL, Kayla surpreendeu ao confirmar sua renovação com a organização após ‘flertar’ com uma possível transferência para o Bellator ou UFC. O acerto com a empresa, no entanto, não parece ter afastado o desejo da judoca em se testar contra uma das maiores representantes do MMA de todos os tempos.

PUBLICIDADE:

Bicampeã olímpica, Harrison tem protagonizado uma trajetória perfeita nas artes marciais mistas, até o momento. Hoje, a norte-americana soma 12 lutas profissionais na modalidade e nunca amargou um resultado negativo.

Estrela do Bellator, Cyborg segue suprindo as expectativas dentro da companhia presidida por Scott Coker. Na empresa desde o início de 2020, a curitibana afivelou o cinturão logo em sua estreia e, até o momento, soma três defesas de título. Em 23 de abril, a tupiniquim encara Arlene Blencowe, em revanche dentro da companhia.

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276