AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Lenda do wrestling, Cejudo se oferece para treinar Chimaev para eventual superluta contra Adesanya

Antigo duplo campeão do UFC volta a apostar em sucesso do sueco e acredita que promessa se credenciará para enfrentar o nigeriano

K. Chimaev (dir.) é uma promessa para o futuro do UFC. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Em novo momento no MMA, Henry Cejudo planeja contar com mais uma estrela na sua trajetória como treinador. O antigo duplo campeão do UFC voltou a apostar suas fichas no sucesso de Khamzat Chimaev e se ofereceu para ajudar o sueco em uma eventual superluta contra Israel Adesanya, projetando o atleta como desafiante ao título dos médios (até 83,9kg.) em um futuro próximo. O auxílio, no entanto, teria condições.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“O único problema é que não poderia treinar Chimaev se ele fosse enfrentar o ‘Pesadelo Nigeriano’ (Kamaru Usman). Mas eu o treinaria contra a aberração do Israel Adesanya. Eu certamente te ajudarei para essa, mas, se for encarar Kamaru Usman, estou fora. É com você”, declarou Cejudo no ‘Triple C & Schmo Show‘.

Responsável direto pelo sucesso de Deiveson Figueiredo ao trono dos moscas (até 56,7kg.), Henry segue confiante de que Chimaev não é apenas uma nova promessa do Ultimate. O ex-campeão do UFC acredita no talento de Khamzat, que está invicto na empresa e segue brilhando em suas apresentações.

PUBLICIDADE:

Khamzat Chimaev é de verdade, mas Gilbert Durinho também. Vamos descobrir no UFC 273 se é tudo o que acreditamos”, encerrou.

Em 9 de abril, o pupilo do Ultimate fará sua primeira apresentação na temporada 2021. O atleta terá o maior desafio em sua carreira como profissional no MMA, quando encara o brasileiro, atual número dois no ranking dos meio-médios. Um triunfo pode assegurar ao vencedor uma chance de lutar pelo cinturão do grupo.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276