Com o futuro de Ngannou indefinido, Alexander Volkov pede pela criação de um cinturão interino dos pesados

Protagonista do UFC Londres, o atleta russo pediu pela criação do título provisório , devido ao imbróglio entre o campeão e o Ultimate

A. Volkov irá enfrentar T. Aspinall na luta principal do UFC Londres Foto: Instagram/@ufc_brasil

Com o futuro do campeão Francis Ngannou indefinido, o peso pesado (até 120,2kg) Alexander Volkov deixou claro que não deseja ver a categoria parada. No ‘media day’ do UFC Londres, que acontece no próximo sábado (19), o atleta russo sugeriu a criação de um novo cinturão interino para a divisão e mostrou empolgação para o duelo contra o prospecto Tom Aspinall.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Acho que um título interino seria uma decisão bastante lógica agora, porque, francamente, não sabemos o que vai acontecer. Mas a única questão é: quem vai lutar por este título interino? (Ciryl) Gane perdeu, e (Tai) Tuivasa só entrou agora como o terceiro (do ranking). Agora são tempos muito sombrios para os pesos pesados do UFC”, disse Volkov.

Pronto para encarar o prospecto Tom Aspinall na luta principal do UFC Londres, o atleta russo mostrou que estudou o seu adversário e enalteceu as suas qualidades.

PUBLICIDADE:

“Ele não era um lutador desconhecido para mim. Ele tem grandes nomes. Ele venceu Andrei Arlovski. Eu estava observando ele durante a luta e depois disso e pensei que ele era um oponente interessante, muito difícil. Adoro esse tipo de luta quando o jovem oponente poderoso está chegando e me força a evoluir. Esse tipo de luta é o meu favorito”, finalizou o ‘Drago’

Número seis do ranking dos pesados, Alexander Volkov venceu três de suas últimas quatro lutas na organização. Aos 33 anos e lutando profissionalmente desde 2009, o ‘Drago’ possui um extenso cartel de 43 combates, tendo conquistado 34 triunfos e nove reveses.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano