Derrotado no UFC Londres, lutador opta por não exibir bandeira da Ucrânia em meio a conflito com Rússia

Meio-pesado Nikita Krylov tem familiares na Rússia e Ucrânia; Por motivos particulares, ele não se viu representado nenhuma das bandeiras no UFC Londres

N. Krylov com bandeiras de Rússia e Ucrânia. Foto: Reprodução/Instagram @nitikakrylov

Único lutador ucraniano a se apresentar no UFC Londres, evento que aconteceu no último sábado (19), Nikita Krylov optou por não exibir a bandeira do país em sua apresentação no combate contra Paul Craig, no card preliminar do evento. O presidente do Ultimate, Dana White, foi questionado sobre o assunto e afirmou que o pedido partiu do atleta antes do duelo.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Ele pediu para que não exibissem (a bandeira da Ucrânia). Eu não sei o que aconteceu, acredito que seja apenas por alguma razão pessoal ou algo relacionado a isso”, disse Dana.

Krylov carrega, justamente, as bandeiras de Rússia e Ucrânia durante suas apresentações na organização. Inclusive, ele tem familiares nos dois países e, em meio a novos focos de tensão na fronteira leste ucraniana, ele preferiu se manter longe de polêmicas sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

No duelo contra Paul Craig, Nikita Krylov dominou as ações no grappling, mas sucumbiu à força do escocês no jiu-jitsu. O ucraniano se viu envolvido em um triângulo e precisou dar os ‘três tapas’ em desistência. Em sua carreira, são 27 triunfos e oito reveses.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano