AO VIVO

Poatan massacra no UFC 276 e chega em Adesanya. SUPER LUTAS debate

Chael Sonnen encara 11 acusações de agressão após confusão em hotel em Las Vegas

Ex-desafiante a dois cinturões do UFC, o norte-americano é acusado de agredir seis pessoas durante confusão em dezembro de 2021

C. Sonnen encara 11 acusações de agressão após briga em hotel (Foto: Facebook/BellatorMMA)

Ex-desafiante ao cinturão dos médios (até 83,9 kg) e meio-pesados (até 93 kg) do UFC, Chael Sonnen encara 11 acusações de agressão por conta de uma briga em um hotel de Las Vegas ocorrida em dezembro de 2021. A informação foi divulgada pelo site norte-americano “TMZ Sports”.

PUBLICIDADE:

Veja Também

De acordo com registros do tribunal, a promotoria acusou o ex-lutador na semana passada por agressão criminosa por estrangulamento e 10 outras acusações menores de agressão. Nos documentos, as autoridades acusam Sonnen de agredir seis pessoas, incluindo uma mulher, durante uma briga em um hotel de Las Vegas no dia 18 de dezembro.

O ex-lutador teria enforcado um homem, socado e/ou atacado uma mulher e socado e/ou dado joelhadas na cabeça e no rosto de outras pessoas durante o incidente. Sonnen foi retirado do local algemado pela polícia local.

PUBLICIDADE:

Inicialmente, Chael Sonnen havia recebido cinco acusações pela suposta briga, mas o caso foi “dispensado pelo tribunal sem prejuízo”, significando que poderia ser reapresentado em uma data posterior.

Atualmente com 44 anos de idade, Chael Sonnen se aposentou do MMA profissional em 2019. Ao longo de sua carreira, o norte-americano colecionou vitórias sobre nomes como Michael Bisping, Maurício Shogun, Wanderlei Silva e Rampage Jackson, além da famosa rivalidade contra Anderson Silva. Após pendurar as luvas, Sonnen se tornou um dos principais analistas do UFC nos Estados Unidos.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276