Ex-UFC destaca favoritismo de Valentina contra desafiante brasileira e pede ‘postura de vilã’ a campeã dos moscas

Josh Thomson, hoje comentarista do Bellator, falou sobre a próxima defesa de título da 'Bullet' e sugeriu uma possível mudança em seu comportamento

V. Shevchenko em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Considerada uma das maiores atletas da história do MMA feminino, Valentina Shevchenko nem sempre tem o reconhecimento devido, principalmente do chamado ‘público médio’. Para o ex-lutador do UFC Josh Thomson, a campeã dos moscas (até 57,2kg) deveria assumir uma ‘postura de vilã’ e destacou o seu enorme favoritismo para sua próxima defesa de cinturão, contra a brasileira Taila Santos. A declaração foi dada ao podcast ‘Weighing In’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Em termos de Shevchenko e (Taila) Santos, você e eu pensamos da mesma forma, me diga que estou errado. Eu estou ignorando Santos? Não. Ela (Valentina) apenas está em um nível diferente do que qualquer lutadora da divisão até 57 kg no mundo”, disse Josh.

Thomson cravou que a campeã dos moscas deveria assumir ‘uma postura de vilã’ diante das suas rivais para angariar mais fãs e a comparou ao ex-lutador do Ultimate Demetrious Johnson.

PUBLICIDADE:

“Esses tipos de lutadores, eles precisam se tornar vilões, porque aí as pessoas querem vê-los perder e irão sintonizar todas as vezes para assisti-los perder. DJ (Demetrious Johnson) era da mesma forma. Mas ele não conseguiu se tornar um vilão. Ele era um cara muito legal”, finalizou o ex-peso leve.

Campeã dos moscas desde 2018, Valentina vai para a sua sexta defesa de título. Seu próximo compromisso será contra a brasileira Taila Santos, no UFC 275. O espetáculo marcará a volta do Ultimate ao continente asiático e será realizado em Cingapura. A atleta do Quirguistão possui um cartel de 22 vitórias e três derrotas no MMA profissional.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276