MELHORES DO ANO: Relembre as melhores lutas do mês de março

Com duelo brasileiro e representante tupiniquim rumo ao título, confrontos marcaram o terceiro mês do ano

R. dos Anjos (esq.) bateu R. Moicano em duelo brasileiro no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

No último sábado (26), o UFC Columbus fechou a série de quatro eventos do Ultimate no movimentado mês de março, que animou aos fãs de MMA para a sequência do ano. Pensando nisso, o SUPER LUTAS preparou uma lista com os três melhores combates, que se destacaram no terceiro mês do ano de 2022.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na lista, destaque para os brasileiros Rafael dos Anjos e Renato Moicano, que travaram ‘batalha’ de cinco rounds no UFC 272, mesmo evento que Marina Rodriguez passou por Yan Xiaonan na decisão dividida e deu importante passo rumo ao cinturão das palhas (até 52,1kg.). Já no último card do mês, os veteranos Matt Brown e Bryan Barbarena ganharam o prêmio de ‘Luta da Noite’ por seus esforços na peleja.

Rafael dos Anjos x Renato Moicano

Rafael dos Anjos e Renato Moicano protagonizaram a ‘luta da noite’ de boa parte dos fãs no UFC 272. Em evento realizado no dia 6 de março, em Las Vegas (EUA), os brasileiros fizeram 25 minutos, com troca franca de golpes, o ex-campeão dos leves (até 70,3kg.) levou a melhor na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Depois de assumir a responsabilidade com quatro dias de antecedência, Moicano também não decepcionou. O brasiliense tentou tomar a iniciativa da luta fazendo valer sua maior envergadura. Porém, a partir da primeira metade do assalto inicial, dos Anjos tomou conta da luta, com forte jogo de quedas.

Marina Rodriguez x Yan Xiaonan

M. Rodriguez (dir.) bateu Y. Xiaonan (esq.) no UFC 272. Foto: Reprodução/Instagram

Ainda na mesma edição de nº 272, Marina Rodriguez deu um importante passo rumo ao cinturão das palhas (até 52,1kg.) depois de passar por Yan Xiaonan. A brasileira precisou superar um início difícil e, na decisão dividida dos juízes, ela venceu dois rounds finais para sair com a vitória.

PUBLICIDADE:

Terceira colocada no ranking, Marina Rodriguez venceu a quarta luta consecutiva no Ultimate e pode ter se credenciado para disputar o cinturão da categoria. Antes, Rose Namajunas coloca seu cinturão em jogo na revanche contra Carla Esparza.

Matt Brown x Bryan Barbarena

B. Barbarena (dir.) superou M. Brown (esq.) na decisão dividida. Foto: Reprodução/ufc_brasil

PUBLICIDADE:

Em duelo de veteranos no UFC Columbus, Bryan Barbarena mostrou que ainda tem ‘lenha para queimar’ e, aos 32 anos, bateu o também veterano Matt Brown na decisão dividida, após três rounds de trocação intensa, aplaudida de pé pelo público presente. A luta foi válida pela divisão dos meio-médios (até 77kg.) e aconteceu no card principal.

O resultado, no entanto, não agradou aos fãs, que estavam na arena. Posteriormente, eles receberam um bônus de US$ 50 mil (cerca de R$ 234 mil, na cotação atual).

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276