Khamzat Chimaev minimiza sequência de vitórias de Kamaru Usman: ‘ganhou de quem?’

Adversário de Durinho no próximo sábado (9), Chimaev afirmou que o campeão dos meio-médios está 'velho e lento'

K. Chimaev está invicto no MMA profissional (Foto: Instagram/Chimaev)

Neste sábado (9), no UFC 273, Gilbert Durinho e Khamzat Chimaev se enfrentam em duelo que provavelmente valerá uma chance de disputar o cinturão dos meio-médios (até 77 kg) na sequência. Se por um lado, o brasileiro já teve a oportunidade de lutar pelo título e acabou sucumbindo diante de Kamaru Usman, o russo naturalizado sueco acredita que teria sucesso fácil em uma eventual disputa contra o campeão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista a Daniel Cormier, Khamzat Chimaev afirmou que Kamaru Usman está “velho e lento” e acusou o campeão de procurar maneiras para fugir dele.

“Irmão, Usman está quase aposentado. Seus joelhos não funcionam, suas costas doem, seus braços doem, cirurgias por todo o canto. O cara está muito velho e lento. Ele é muito lento e querem que ele faça dinheiro falando. Querem encontrar um jeito de fazer dinheiro e fugir de mim”, provocou Chimaev.

PUBLICIDADE:

Outro ponto levantado por Chimaev foi em relação a série invicta de Kamaru Usman. O campeão dos meio-médios não sabe o que é perder desde maio de 2013 e venceu todas as 15 lutas que fez no octógono do Ultimate, ficando a um triunfo de igualar o recorde histórico de Anderson Silva. Apesar disso, o “Lobo” acredita que o nigeriano não enfrentou ninguém de relevante nesse tempo.

“De quem ele ganhou, irmão? Ele venceu os mesmos dois caras quatro vezes. Ele bateu Colby duas vezes e o outro cara (Jorge Masvidal) duas vezes. De quem ele venceu, irmão? Tyron Woodley deixou o UFC depois dele, dez caras bateram nele, um youtuber bateu naquele cara. Você sabe de quem ele ganhou? Eu não sei, não entendo. Ele nunca venceu ou enfrentou alguém como eu”, finalizou Chimaev.

PUBLICIDADE:

Khamzat Chimaev e Gilbert Durinho se enfrentam no card principal do UFC 273, neste sábado (9), em Jacksonville, Flórida (Estados Unidos). O evento conta ainda com duas disputas de cinturão: Alexander Volkanovski defendendo o título dos penas (até 65,7 kg) contra o Zumbi Coreano e Aljamain Sterling e Petr Yan duelando pela unificação dos cinturões dos galos (até 61,2 kg).

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano