Após unificar cinturão contra Yan UFC 273, Sterling ironiza críticos que questionaram seu talento

Campeão linear dos galos, lutador rebate céticos que duvidavam de suas habilidades e apontavam Petr como favorito

Vitorioso na aguardada revanche contra Petr Yan, no UFC 273, realizado neste sábado (9), em Jacksonville, Aljamain Sterling tem muito a desabafar. Campeão absoluto dos galos (até 61,2kg.) depois da vitória por pontos no fim de semana, o lutador rebateu os críticos, que questionavam suas qualidades como atleta. Em coletiva após o show, o norte-americano ‘se soltou’.

Veja Também

278106507_3080089665563572_7688575833298783120_n

“É um sonho se realizando, desde que cheguei neste esporte. Nós conseguimos, da maneira que eu queria. Mostrei que a última luta não foi nem perto do que sou capaz de fazer. Para as pessoas que questionaram minhas habilidades, quem está rindo agora?”, provocou.

PUBLICIDADE:

Há pouco mais de um ano, Sterling e Yan dividiram o octógono pela primeira vez. O combate, no entanto, acabou marcado por um fato histórico, quando o russo foi destronado após aplicar um golpe ilegal, que deixou o norte-americano sem condições de seguir no combate.

Após cerca de 13 meses, os atletas voltaram a medir forças. Desta vez, Aljamain apresentou evolução física e técnica, e conseguiu superar aquele que, para muitos, seria o maior representante da divisão até 61,2kg.

PUBLICIDADE:

Com a vitória sobre Petr, Sterling unificou o título da divisão. Além de assumir o trono absoluto, o norte-americano ampliou sua série invicta para sete apresentações.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano