Para Sonnen, Dana pode ter se sentido ‘traído’ por Ngannou após aparição do campeão em evento de Fury

Comentarista avalia possível sensação de ‘chefão’ do UFC ao ver o ‘gigante’ insistindo publicamente em uma superluta contra ícone do boxe

D. White em entrevista coletiva pós-evento. Foto: Reprodução/YouTube

A aparição de Francis Ngannou na luta que marcou a despedida de Tyson Fury no boxe pode ter promovido um sentimento de traição por parte de Dana White, pelo menos na visão de Chael Sonnen. Segundo o comentarista, a presença do campeão do UFC no evento de boxe do último fim de semana pode não ser bem aceito pelo ‘chefão’ do Ultimate. Em seu canal no YouTube, o ex-lutador explicou sua posição.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Imagino que Dana se sentiu traído. Provavelmente, ficou magoado. Ele nunca te contaria. Possivelmente, falaria que ficou irritado, ou que não se importou. Ele foi um pouco traído. Francis Ngannou estava lá (acompanhando a luta de Fury, contra Dillian Whyte). Francis sabia o que estava fazendo e está sob contrato com Dana. Será que a equipe de Francis informou Dana o que estaria acontecendo? Que Ngannou subiria no ringue com outra pessoa? Os promotores já estavam sabendo, e sabiam como vender o acontecimento”, afirmou Sonnen.

Campeão dos pesados (até 120,2kg.) do Ultimate há um ano, Ngannou vive um período de instabilidade na companhia. Após sua primeira defesa de cinturão, em janeiro de 2022, Francis cumpriu a última luta de seu contrato e, caso não se apresente até dezembro, estará apto a assinar com outra organização a partir do próximo mês.

PUBLICIDADE:

Considerado um dos homens mais temido nas artes marciais, Francis exige melhorias em seu acordo para seguir representando o UFC. Entre as condições, o ‘gigante’ cobra melhores salários e ‘mais liberdade’, o que possibilitaria uma superluta de boxe contra Tyson Fury, um desejo antigo do franco-camaronês.

No último sábado, Fury subiu no ringue para aquela que marcou sua despedida do boxe profissional. Campeão dos pesados pela ‘WBC’ (Confederação Mundial de Boxe) e ‘The Ring’, o atleta manteve os títulos ao nocautear Dillian Whyte no sexto round. Na sequência, em entrevista, o inglês voltou a manifestar o desejo de se testar contra Ngannou.

PUBLICIDADE:

No topo da categoria até 120,2kg. do Ultimate, Francis não tem compromissos agendados com a organização. O atleta se recupera de uma cirurgia no joelho direito e tem presença incerta no octógono, em 2022.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano