José Aldo? Que nada… Urijah Faber faz lobby para ‘ex-amigo’ TJ Dillashaw enfrentar Aljamain Sterling

Faber e Dillashaw foram amigos no passado em treinos na ‘Team Alpha Male’, mas tiveram grandes atritos que parecem ter ficado no passado

TJ (esq.) e Faber (dir.) treinaram juntos na ‘Team Alpha Male’. Foto: Divulgação

Ex-parceiro de treinos, Urijah Faber deseja ver TJ Dillashaw em uma luta pelo cinturão dos galos (até 61,2kg.) do UFC já em sua próxima apresentação. O norte-americano afirmou que o compatriota está pronto para desafiar Aljamain Sterling, com o antigo algoz José Aldo ‘na espera’ pelo vencedor do combate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não acho que TJ (Dillashaw) precise mostrar que ainda não está pronto, pois Cory Sandhagen poderia ser campeão. Ele é um lutador incrível, os dois fizeram luta apertada e algumas pessoas acharam que Sandhagen venceu. No momento, por relevância, acho que TJ x ‘Aljo’ (Aljamain Sterling) é a luta a ser feita, e então (José) Aldo enfrenta o vencedor”, disse Faber em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana.

Questionado sobre a situação de José Aldo na divisão, Urijah acredita que o brasileiro poderia fazer uma grande luta contra TJ Dillashaw na sequência. Ele, no entanto, destaca que o duelo não teria o mesmo prestígio, já que não valeria o cinturão linear dos galos.

PUBLICIDADE:

“Eu acho que uma luta de TJ e Aldo seria enorme também, mas você não tem o ‘pedaço de metal’ em jogo, então perderia prestígio. E Aldo perdeu para Petr Yan no passado, mas conseguiu ascender um ‘fogo’ e parece melhor do que nunca. Gostaria de ver isso também”, finalizou.

Ex-campeão da divisão, TJ Dillashaw voltou à lista de possíveis candidatos ao título depois de passar por suspensão de dois anos por doping pela USADA e, em sua luta de retorno, venceu Cory Sandhagen por pontos. Ele, agora, se recupera de grave lesão no joelho e conta com um cartel de 17 resultados positivos e quatro negativos.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano