Com chute à la Anderson Silva, Michael Chandler apaga Tony Ferguson em nocaute histórico no UFC 274

Após susto no primeiro round, ex-campeão do Bellator atropela ‘Bicho Papão’ de forma épica no card principal

M. Chandler (dir.) aplica nocaute brutal em T. Ferguson (esq.) no UFC 274. Foto: Reprodução/Instagram

Simplesmente brutal. Adversário do agressivo Tony Ferguson no UFC 274, realizado neste sábado (7), em Phoenix (EUA), Michael Chandler fez o rival provar de seu próprio veneno, e de forma épica. Após susto no primeiro round, o ex-campeão do Bellator encontrou a vitória com um chute de rara felicidade, à la Anderson Silva. A investida na segunda etapa levou o veterano a nocaute imediato.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com o resultado, Chandler volta a respirar aliviado no Ultimate. O atleta subiu no octógono pressionado por um triunfo, já que somava dois tropeços em sequência.

Na busca por recuperação na carreira, Ferguson segue sem repetir as boas atuações que o tornaram um dos pesos leves (até 70,3kg.) mais temidos na história do esporte. Com o atropelo, o veterano atingiu a marca de quatro derrotas consecutivas.

PUBLICIDADE:

Em entrevista após o triunfo, Michael ousou. O atleta sugeriu uma revanche contra Charles do Bronx, além de desafiar Conor McGregor, que se recupera de grave lesão sofrida em julho de 2021.

A luta

O confronto começou com os atletas lançando ataques na longa distância. Ferguson lançou um chute alto, que parou na guarda do adversário. Chandler agrediu com um chute baixo, seguido de um direto. Passado pouco mais de um minuto, Ferguson desequilibrou Michael com um direto. O ‘Bicho Papão’ tentava se aproveitar do bom momento, enquanto o rival buscava absorver o ataque. Os jabs e diretos de Tony tocavam o rosto de Chandler, que acusava os golpes. Em desvantagem na trocação, Michael partiu para as pernas do veterano e levou o confronto para o chão. Mesmo por baixo, Tony levava perigo, e ensaiava uma chave de braço. Michael tentava castigar no ground and pound, mas precisava se cuidar com as investidas do oponente. O assalto acabou com Chandler agredindo no ground and pound e Ferguson buscando travar a luta.

No segundo round, Chandler conectou um chute de rara felicidade, que explodiu no queixo de Ferguson, que, imediatamente, caiu desacordado.

PUBLICIDADE:

Confira as estatísticas de ‘Chandler x Ferguson’

Resultados do UFC 274

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília)

PUBLICIDADE:

Peso leve: Charles do Bronx derrotou Justin Gaethje por finalização (mata leão) aos 3m22s do R1

Peso palha: Carla Esparza derrotou Rose Namajunas na decisão dividida dos juízes (47-48, 49-46, 48-47) – Luta pelo cinturão

Peso leve: Michael Chandler derrotou Tony Ferguson por nocaute (chute) aos 17s do R2

Peso meio-pesado: Ovince St-Preux derrotou Maurício Shogun na decisão dividida dos juízes (28-29, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Randy Brown derrotou Khaos Williams na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR (18h30, horário de Brasília)

Peso meio-médio: Francisco Massaranduba derrotou Danny Roberts na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 29-28)

Peso pena: Macy Chiasson derrotou Norma Dumont na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 30-27)

Peso mosca: Brandon Royval finalizou Matt Schnell com uma guilhotina a 2m14s do R1

Peso pesado: Blagoy Ivanov derrotou Marcos Pezão na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio: André Fialho derrotou Cameron VanCamp por nocaute (socos) aos 2m35s do R1

Peso mosca: Tracy Cortez derrotou Melissa Gatto na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: CJ Vergara derrotou Kleydson Rodrigues na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Lupita Godinez derrotou Ariane Sorriso na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26)

Peso galo: Journey Newson derrotou Fernie Garcia na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276