Jéssica Bate-Estaca ataca ‘campeã do tédio’ Carla Esparza: ‘mal posso esperar para arrancar sua cabeça’

Ex-campeã da divisão, a brasileira criticou a falta de combatividade da nova dona do cinturão no duelo contra Rose Namajunas

J. Andrade vem de vitória sobre A. Lemos. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta co-principal do UFC 274, bastante criticada por fãs e especialistas, Carla Esparza destronou Rose Namajunas e retomou o cinturão peso palha (até 52,1 kg) após oito anos. Entre os críticos do duelo está a brasileira Jéssica Bate-Estaca, ex-campeã da divisão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Através de publicação em seu perfil oficial no “Instagram”, Jéssica Bate-Estaca fez campanha para ser a primeira desafiante ao cinturão de Carla Esparza.

“Bem, acho que a luta que mais faz sentido agora é entre eu e Carla Esparza, porque na categoria temos luta casada entre Joana e Welli, Marina Rodriguez, que possivelmente seria uma desafiante, já perdeu para ela. Carla, não faz sentido essa luta! Então sobrou somente eu. Vamos lá! Estou aqui! Disponível como sempre. UFC, Dana White, Mick Maynard, apenas me digam o dia e local, me envie eu estou pronta. E aproveitando…Carla você poderia me desbloquear do seu Instagram, porque eu não consigo nem te marcar. Não sei porque te incomodo tanto, mas podemos resolver nossas diferenças agora no octógono”, escreveu a brasileira.

PUBLICIDADE:

Em outra rede social, Bate-Estaca não poupou críticas à atuação de Carla Esparza contra Rose Namajunas, chamando a nova dona do cinturão de “campeã do tédio” e prometendo “arrancar a cabeça” da norte-americana em um eventual duelo.

“Aproveitando que você não me bloqueou no Twitter, gostaria de dizer que sua luta ontem foi a pior da história do peso palha, campeã do tédio. Mal posso esperar para arrancar sua cabeça. Parabéns pelo cinturão do tédio, mas fãs desse esporte querem ver um massacre e eu vou dar isso a eles”, finalizou.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano