Virna Jandiroba faz luta estratégica, supera Angela Hill por pontos e volta a vencer no UFC

Baiana vai bem, utiliza forte jogo de quedas e leva triunfo na decisão unânime dos juízes

V. Jandiroba celebra vitória no UFC Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Primeira representante brasileira no card preliminar do UFC Las Vegas 54, evento realizado neste sábado (14), Virna Jandiroba mostrou qualidade no jiu-jitsu e fez luta dura contra a experiente Angela Hill. Depois de três rounds com estratégia na luta agarrada, a brasileira conseguiu a vitória na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Com o triunfo, Jandiroba se recupera no Ultimate. Profissional desde 2013, ela conta com um retrospecto de 18 triunfos e três reveses.

Hill, por sua vez, sente o ‘sabor amargo’ da terceira derrota seguida. Em seu retrospecto, são 13 resultados positivos e apenas 11 negativos em sua trajetória nas artes marciais mistas.

PUBLICIDADE:

A Luta

Especialista de jiu-jitsu, Virna entrou no combate disposta a trocar e colocar a luta para baixo. A brasileira, com maestria, cumpriu com o objetivo e ‘mochilou’ rapidamente em Hill, antes de tentar uma chave de perna. No mesmo instante, a norte-americana demonstrou dor, mas fez a defesa.

No segundo round, Angela tentou retornar com outro ímpeto e acertou bons golpes na trocação, mas não conseguiu manter a luta em pé e viu Jandiroba entrar em quedas, mudando rapidamente para a meia-guarda. Por cima, Virna deu o bote e saiu no braço. Porém, ela não teve tempo e continuou na posição até o final do assalto.

PUBLICIDADE:

Disposta a garantir o combate, Virna até chegou a trocar, mas optou por fazer o jogo seguro e colocou Hill no chão. Ela, por cima, chegou a trabalhar bons golpes e deu um ‘bote’ em mata-leão, mas não progrediu na posição para garantir o duelo.

PUBLICIDADE:

Promessa japonesa, Tatsuro Taira justifica favoritismo e ‘amassa’ Carlos Candelario em estreia no UFC

T. Taira estreou com vitória sobre C. Candelario no UFC Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Impressionante. Com apenas 22 anos, Tatsuro Taira justificou favoritismo para vencer Carlos Candelario em seu debute no UFC. Promessa dos moscas (até 56,7kg.), o japonês mostrou qualidade na luta agarrada e garantiu a vitória na decisão unânime dos juízes.

Profissional desde 2018, Taira soma dez triunfos em série, sendo apenas pela terceira vez por pontos. Já Canderlario, que assinou contrato com o UFC via Contender Series, estreia com o ‘pé esquerdo’ na organização e coleciona um retrospecto de oito resultados positivos e dois negativos.

Andre Petroski surpreende, finaliza Nick Maximov e tira invencibilidade da promessa dos médios

A. Petroski finalizou N. Maximov no UFC Las Vegas 54. Foto: Reprodução/Instagram @ufc_brasil

Foi rápido. Azarão para a primeira luta da noite, Andre Petroski mostrou qualidade no jiu-jitsu e, com apenas 1m16seg., encaixou um triângulo de mão para vencer Nick Maximov, que até tentou resistir, mas não bateu e ‘apagou’ no octógono. O duelo foi válido pela divisão dos médios (até 83,9kg.).

Petroski, agora, consegue emplacar sua terceira vitória seguida na organização. Em sua carreira, são oito triunfos e um revés. Maximov, por outro lado, sentiu o ‘sabor amargo’ do primeiro resultado negativo. Ele também tem outros oito negativos.

Resultados do UFC Las Vegas 54

CARD PRINCIPAL 

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz derrotou Aleksandar Rakic por nocaute técnico (lesão no joelho) a 1m11s do R3

Peso meio-pesado: Ryan Spann finalizou Ion Cutelaba com uma guilhotina a2m22s do R1

Peso galo: Davey Grant derrotou Louis Smolka por nocaute a 49s do R3

Peso mosca: Katlyn Chookagian x Amanda Ribas na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve: Manuel Torres derrotou Frank Camacho por nocaute técnico a 3m27s do R1

Peso mosca:  Allan Puro Osso derrotou Jake Hadley na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca: Viviane Araújo derrotou Andrea Lee na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso leve: Michael Johnson derrotou Alan Nuguette por nocaute a 3m22s do R2

Peso palha: Virna Jandiroba derrotou Angela Hill na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Tatsuro Taira derrotou Carlos Candelario na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso médio: Andre Petroski finalizou Nick Maximov com um triângulo de mão a 1m57s do R1

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano