Mesmo com duas derrotas para Amanda Nunes, Valentina Shevchenko volta a provocar a lutadora brasileira

De olho em uma possível trilogia, a campeã das moscas voltou a 'alfinetar' a Leoa e a acusou de não ter um 'jogo mental forte'

A. Nunes e V. Shevchenko já se enfrentaram em duas oportunidades (Foto: Divulgação/UFC)

Mesmo derrotada nas duas vezes em que enfrentou Amanda Nunes, a campeã das moscas (até 56,7kg) Valentina Shevchenko não perde uma oportunidade de desafiar a atleta tupiniquim. Em coletiva para divulgar sua próxima luta no UFC, a ‘Bullet’ voltou a provocar a dona do cinturão peso pena (até 65,7kg) e a acusou de não ter um ‘jogo mental forte’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não se esqueçam que também é um jogo mental para todos os lutadores. E sabemos que a Amanda não tem esse jogo mental muito forte. Nas suas lutas anteriores, pudemos ver isso. Todo mundo pode quebrar mentalmente. Mas eu tenho um jogo mental muito forte”, afirmou Valentina.

Com Amanda se preparando para a revanche contra Julianna Peña, Shevchenko não descartou a possibilidade de enfrentar novamente ambas as atletas, já que a lutadora do Quirguistão também já dividiu o octógono com a atual campeã dos galos.

PUBLICIDADE:

“Por que não? Há alguns anos eu enfrentei a Julianna, a finalizei no segundo round. Acho que seria uma luta empolgante para todos, mas acho que ela poderia descer também e me desafiar no peso-mosca, que seja. Se Amanda lutar na mesma forma física que enfrentou a Julianna na primeira vez, com certeza Julianna tem todas as chances de vencê-la. Mas se Amanda estiver na mesma forma de luta de quando me enfrentou, acho que ela pode recuperar o cinturão e ainda podemos fazer uma trilogia. Não me importo, posso enfrentar as duas ao mesmo tempo”, finalizou a rainha da divisão das moscas.

Valentina Shevchenko e Amanda Nunes dividiram o octógono em duas oportunidades, em 2016 e 2017, e a brasileira saiu vitoriosa em ambos os confrontos. No primeiro duelo, a ‘Leoa’ venceu na decisão unânime dos juízes. No segundo embate, em uma decisão que gera polêmica até os dias de hoje, mais uma vitória da atleta tupiniquim, dessa vez em uma apertada decisão dividida.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano