Masvidal acusa McGregor de usar esteroides e dispara: ‘daria tudo para matar esse garotinho’

O 'Gamebred' garantiu que retorna ao octógono do UFC em 2022 e abriu as portas para um possível duelo contra o irlandês

J. Masvidal falou sobre possível luta com C. McGregor (Foto: Montagem SUPER LUTAS)

Em meio a complicações legais por conta da agressão contra Colby Covington em um restaurante em Miami, nos Estados Unidos, Jorge Masvidal planeja seu retorno ao octógono do UFC ainda em 2022.

PUBLICIDADE:

“Retorno garantido neste ano. Não sei a data ainda. Acho que com duas lutas eu posso estar na disputa pelo título novamente”, disse o lutador em entrevista a “ESPN Desportes”.

Veja Também

Na entrevista, Jorge Masvidal também falou sobre a possibilidade de enfrentar Conor McGregor no retorno do irlandês ao octógono, previsto para o segundo semestre de 2022. O “Gamebred” se mostrou disposto a enfrentar o “Notório” nos meio-médios (até 77 kg), acusou Conor do uso de anabolizantes e garantiu que “entraria para matar” o ex-campeão dos leves (até 70,3 kg) e dos penas (até 65,7 kg).

PUBLICIDADE:

“Eu amaria enfrentá-lo nos 77 kg, mas não espero por ninguém. Se ele quiser lutar, eu vou quebrar a cara dele. Se ele não quiser, deixe ele vir depois. Ele é falso, ele sabe que eu sou um homem que bate forte e que eu entro para matar, não para brincar de abraçar no octógono. Vou dar tudo que existe dentro de mim para matá-lo, e tenho uma vantagem de tamanho, ainda que agora ele esteja injetando esteroides e tudo mais. Mas, ele ainda é um garotinho”, disse Masvidal.

Assim como Conor McGregor, Jorge Masvidal também vem em má fase no octógono do UFC. O norte-americano tem três derrotas consecutivas e não vence desde novembro de 2019.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276