Raoni Barcelos anula Trevin Jones e encerra sequência de derrotas no UFC Las Vegas 61

Brasileiro tem atuação impecável e retorna ao caminho das vitórias com performance dominante no card principal

R. Barcelos (esq.) anulou T. Jones (dir.) no UFC Las Vegas 61. Foto: Reprodução/Instagram

Promessa brasileira no peso galo (até 61,2kg.), Raoni Barcelos fez as pazes com a vitória. Destaque no UFC Las Vegas 61, realizado neste sábado (1), o carioca não tomou conhecimento de Trevin Jones e triunfou com performance dominante. Após três rounds, o tupiniquim superou o oponente na decisão unânime dos juízes.

Com o triunfo, Barcelos encerra um momento inédito em sua carreira. Para o compromisso no UFC Las Vegas 61, o atleta subiu no octógono pressionado por dois tropeços em sequência.

PUBLICIDADE:

Anulado por Raoni, Jones se complica na organização. O revés diante do brasileiro ampliou a má fase, sendo agora três derrotas consecutivas.

A luta

O confronto começou com Barcelos tomando a iniciativa com um chute alto, seguido de um direto de direita. O brasileiro continuava comandando as ações e, com pouco mais de um minuto, encurtou e passou a pressionar o oponente contra as grades. Trevin conseguiu se desvencilhar e recebeu um chute no tronco. Barcelos continuava mais agressivo e não dava espaço para as ações do rival. Restando dois minutos para o fim da etapa, Raoni conseguiu uma queda e foi tentava laçar o pescoço de Jones. Por baixo, Trevin se fechava e buscava impedir as investidas do oponente. No minuto final, Jones tentava travar o embate, mas o brasileiro conseguiu a montada. Por cima, o tupiniquim ensaiava um estrangulamento, mas Jones resistia. Nos segundos finais, Barcelos agredia no ground and pound, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Na segunda etapa, Barcelos tomou a iniciativa com um chute alto, que explodiu na guarda do adversário. Na sequência, o brasileiro encaixou um direto de direita. Um novo direto obrigou Jones a caminhar para trás e Raoni completou a ação com uma joelhada voadora no adversário. Trevin não acusou o golpe e conseguiu se afastar. Na metade do round, Trevin desabou após um cruzado de direita. O brasileiro foi para cima e tentava liquidar a fatura na via rápida. Novamente, Jones buscava travar o embate e não dar espaço para o tupiniquim. No minuto final, Barcelos agredia no ground and pound e Trevin apenas se protegia. Raoni continuava lançando ‘marretadas’, mas o adversário acabou salvo pelo gongo.

O terceiro assalto, Barcelos foi o primeiro atacar, com um direto. Na sequência, Raoni balançou o adversário com uma combinação de cruzados. Trevin tentou uma queda, mas Barcelos se defendeu bem. Na metade da etapa, Jones acusava ataques recebidos na linha de cintura. O brasileiro continuava a dominar as ações e não dava chances ao oponente. Com pouco mais de um minuto para o fim da peleja, Barcelos conseguiu uma queda. Jones se agarrava ao tupiniquim, mas Raoni estava disposto a encerrar o confronto. Perto de acabar a luta, o brasileiro lançava cotoveladas de cima para baixo, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Sodiq Yusuff vence estreante com finalização relâmpago

S. Yusuff encaixa guilhotina em D. Shainis. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque do peso pena (até 65,7kg.), Sodiq Yusuff não teve problemas diante de um rival escalado de última hora para o evento. Adversário do estreante Don Shainis, o atleta deu show e venceu de forma relâmpago. Uma guilhotina ainda no primeiro minuto determinou o desfecho do confronto.

Inicialmente, Yusuff mediria forças com Giga Chikadze. Com o triunfo, o atleta chega ao segundo triunfo consecutivo e defende a 12ª posição no grupo liderado por Alexander Volkanovski.

PUBLICIDADE:

Escalado de última hora para o show, Shainis teve uma sequência de cinco triunfos interrompida.

Em entrevista ainda no octógono, Sodiq propôs um desafio para seu próximo compromisso. O atleta sugeriu um confronto contra Chan Sung Jung, o ‘Zumbi Coreano’, atual número seis no ranking.

Mike Davis anula Viacheslav Borshchev e amplia boa fase

M. Davis (dir.) superou V. Borshchev (esq.) no UFC Las Vegas 61. Foto: Divulgação/UFC

Em confronto disputado no peso leve (até 70,3kg.), Mike Davis teve luta segura e ampliou seu bom momento na organização. Adversário de Viacheslav Borshchev no confronto que abriu o card principal, o norte-americano protagonizou um combate estratégico e anulou o adversário por grande parte da disputa. Após três rounds, o atleta foi declarado vencedor da peleja na decisão unânime dos juízes.

O compromisso no UFC Las Vegas 61 marcou o retorno do atleta no octógono após mais de um ano longe das competições. O triunfo sobre Viacheslav ampliou o bom momento do lutador, que agora soma três resultados positivos em sequência.

Dominado por Davis, Borshchev teve o sinal de alerta ligado. O tropeço diante de Mike representou a segunda derrota consecutiva do peso leve na companhia.

Estatísticas do UFC Las Vegas 61

Resultados do UFC Las Vegas 61

CARD PRINCIPAL

Peso palha (até 52,1kg.): Yan Xiaonan derrotou Mackenzie Dern na decisão majoritária dos juízes (48-47, 48-47, 47-47)

Peso meio-médio (até 77kg.): Randy Brown derrotou Francisco Massaranduba na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Raoni Barcelos derrotou Trevin Jones na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-27, 30-27)

Peso pena (até 52,1kg.): Sodiq Yusuff finalizou Don Shainis com uma guilhotina a 30s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Mike Davis derrotou Viacheslav Borshchev na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-26, 30-26)

CARD PRELIMINAR

Peso casado (até 63,5kg): Daniel Willycat derrotou John Castañeda por nocaute aos 4m28s do R2

Peso pesado (até 120,2kg.): Ilir Latifi derrotou Alexey Oleynik na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Netto BJJ derrotou Jesse Ronson por nocaute técnico (socos) aos 3m08s do R2

Peso médio (até 83,9kg.): Brendan Allen derrotou Krzysztof Jotko por finalização (mata leão) aos 4m17s do R2

Peso casado (até 63,5kg): Chelsea Chandler derrotou Julija Stoliarenko por nocaute técnico (socos) aos 4m15s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Guido Cannnetti derrotou Randy Costa por finalização (mata leão) aos 1m04s do R1

Leia Mais sobre: , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300