De volta após quase dois anos, Bruno Bulldoguinho dá show e apaga rival com finalização no UFC Las Vegas

Recuperado de lesões, brasileiro brilha contra Tyson Nam e se aproxima da elite do grupo liderado por Brandon Moreno

Bruno Bulldoguinho comemora finalização sobre Tyson Nam. Foto: Reprodução/Instagram

De volta após quase dois anos de inatividade, Bruno Bulldoguinho deu um verdadeiro show no octógono do UFC Las Vegas, realizado neste sábado (11). Promessa dos moscas (até 56,7kg.), o atleta não se intimidou diante de Tyson Nam, número 15 da categoria, e protagonizou uma performance avassaladora. Com direito a chute à lá Anderson Silva, o brasileiro foi além e apagou o adversário com um mata-leão no segundo round.

Livre das lesões, Bulldoguinho tem motivos de sobra para comemorar. Além de ampliar o bom momento, chegando a três vitórias seguidas, o combatente deve assumir um lugar no top 15 da divisão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Superado no compromisso, Nam pode deixar a elite do peso mosca. O combatente, agora, soma quatro reveses nas últimas sete apresentações.

Bulldog feroz

O confronto começou com Bruno tomando a iniciativa com um chute baixo. Nam tentava encontrar a melhor distância e economizava nos ataques. Com pouco mais de um minuto, Bulldoguinho surpreendeu o adversário com um soco rodado, que tocou em cheio o rosto do rival. Tyson, no entanto, não acusou o ataque, e seguia ‘marchando’ para frente. Nos segundos finais, o brasileiro arriscou mais um soco rodado, mas a investida parou na guarda do oponente. Quase no fim da etapa, Tyson encaixou uma boa combinação de socos e chutes, balançando o tupiniquim, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

Logo no início do segundo round, Bulldoguinho conectou um chute ‘à lá Anderson Silva’, fazendo com que o oponente desabasse. O brasileiro partiu para cima em posição de vantagem, enquanto Nam fechava a guarda e tentava se proteger. Quando tentou se levantar, Tyson acabou sendo pego por uma guilhotina. O norte-americano se recusou a bater em desistência e acabou apagado.

Ícone do wrestling ‘passeia’ em estreia

Karl Williams derrotou Lukasz Brzeski no UFC Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Ícone do wrestling norte-americano, Karl Williams não teve problemas em sua estreia no UFC. Adversário de Lukasz Brzeski, o peso pesado (até 120,2kg.) usou sua principal arma para anular por completo o adversário. Com controle do embate por três rounds, o lutador foi declarado vencedor na decisão unânime.

Com a vitória, Williams estreia com o pé direito na companhia. Profissional no MMA desde 2021, o atleta, agora, soma oito resultados positivos e um negativo.

Vítima do wrestling de Karl, Brzeski segue sem vencer na companhia. Agora, o polonês acumula dois tropeços.

PUBLICIDADE:

Após início desastroso no UFC, promessa vence primeira

Josh Fremd encaixa finalização no UFC Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de início desastroso no UFC, Josh Fremd se redimiu na organização. Promessa no peso médio (até 83,9kg.), o lutador foi adversário do estreante Sedriques Dumas. Com atuação estratégica, o lutador brilhou no octógono e finalizou o oponente com uma guilhotina no segundo round.

O triunfo devolve a confiança do atleta. Antes de subir no octógono no UFC Las Vegas, o lutador somou dois reveses.

Destaque no ‘Dana White’s Contender Series’, Dumas não conseguiu repetir a boa atuação que o levou à companhia. O atleta, agora, aguarda o próximo desafio.

Victor Henry bate Tony Gravely em luta equilibrada

Victor Henry (dir.) derrotou Tony Gravely (esq.) no UFC Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

Em sua terceira apresentação no Ultimate, Victor Henry voltou a vencer. Meses depois da derrota para Raphael Assunção, o combatente mediu forças com Tony Gravely e teve um confronto duro. Diante de um adversário agressivo, o atleta conseguiu anular a principal característica do rival e conquistou o triunfo na decisão dividida.

Com o resultado positivo, Henry volta a sonhar com o top 15 da categoria liderada por Aljamain Sterling. O atleta, agora, soma dois triunfos e um tropeço na empresa.

Derrotado, Gravely se complicou na empresa. Com o revés, o atleta atinge a marca de três reveses nos últimos cinco compromissos na companhia.

‘Moçambique’ vence com performance dominante

Carlston Harris (dir.) derrotou Jared Gooden (esq.) no UFC Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

Presente na luta que abriu o UFC Las Vegas, Carlston Harris, o ‘Moçambique’, teve performance irretocável. Representante dos meio-médios (até 77,1kg.), o atleta não deu chances a Jared Gooden, escalado de última hora para o show. Abusando das quedas, o combatente não correu riscos e controlou o confronto por três rounds, vencendo na decisão dos juízes.

Com a vitória, Harris se recupera da derrota sofrida para Shavkat Rakhmonov. Agora, com três vitórias em quatro compromissos na empresa, o lutador retoma a escalada rumo ao topo da divisão lidera por Leon Edwards.

Escalado de última hora para o evento, Jared Gooden não teve sucesso no compromisso. O confronto no UFC Las Vegas marcou a reestreia do atleta no UFC.

Estatísticas do UFC Las Vegas

Resultados do UFC Las Vegas

CARD PRINCIPAL 

Peso galo (até 61,2kg): Merab Dvalishvili derrotou Petr Yan na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexander Volkov derrotou Alexandr Romanov por nocaute técnico a 2m16s do R1

Peso casado (até 97,5kg.): Nikita Krylov finalizou Ryan Spann com um triângulo a 3m38s do R1

Peso galo (até 61,2kg): Jonathan Martinez derrotou Said Nurmagomedov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista finalizou Guido Cannetti com um mata-leão a 3m18s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Vitor Petrino derrotou Anton Turkalj na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

Peso pesado (até 120,2kg.): Karl Williams derrotou Lukasz Brzeski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso galo (até 61,2kg.): Davey Grant finalizou Raphael Assunção com um triângulo invertido a 4m43s do R3

Peso médio (até 83,9kg.): Josh Fremd finalizou Sedriques Dumas com uma guilhotina a 3m do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Victor Henry derrotou Tony Gravely na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29-, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg): Ariane Lipski derrotou J.J Aldrich na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (56,7kg.): Bruno Bulldoguinho finalizou Tyson Nam com um mata-leão a 1m23s do R2

Peso meio-médio (até 77,1kg): Carlston Harris derrotou Jared Gooden na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27, 30-27)

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , ,


Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88