Merab Dvalishvili anula Petr Yan e se aproxima de cinturão dos galos no UFC Las Vegas

Georgiano não toma conhecimento de ex-campeão e tem performance incontestável, vencendo na decisão unânime

Merab Dvalishvili derrotou Petr Yan no UFC Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

Simplesmente um monólogo. Protagonista no UFC Las Vegas, realizado neste sábado (11), Merab Dvalishvili fez parecer fácil o compromisso diante do ex-campeão dos galos (até 61,2kg.), Petr Yan. Em luta entre candidatos a uma futura luta pelo título, o georgiano não deu chances ao russo, que acabou exposto do forma emblemática por cinco rounds. Após 25 minutos de confronto, ‘A Máquina’ foi declarado vencedor na decisão unânime.

Com a vitória, Dvalishvili segue em franca ascensão na categoria. Ao passar pelo russo, o atleta deve tomar a segunda posição de Petr e se coloca em ótima colocação para uma futura disputa de cinturão.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Vitor Petrino

Presa fácil de Merab, Yan teve performance decepcionante no UFC Las Vegas. Além do tropeço, o ex-campeão sofre a terceira derrota seguida e amplia a má fase na companhia.

Em entrevista ainda no octógono, Dvalishvili garantiu que será campeão no peso galo. O atleta, porém, reforça que não disputará o título enquanto o amigo e parceiro de treinos, Aljamain Sterling, seguir no trono do grupo.

PUBLICIDADE:

Monólogo total

O confronto começou com Dvalishvili buscando a queda logo nos segundos iniciais. Yan dobrou os joelhos, mas logo conseguiu se afastar. Na sequência, o georgiano voltou a buscar as pernas do russo, que lançou um chute baixo potente nas pernas do oponente. Merab seguia fintando a trocação para induzir Petr ao erro e, assim, poder derrubar. O russo evitava se aproximar para não cair na armadilha do ex-campeão. Enquanto abusava das tentativas de queda, Yan apostava nos chutes na panturrilha. Nos segundos finais, foi a vez de Petr tentar uma queda, mas o russo acabou caindo por baixo. Merab tentava se aproveitar do erro do oponente, que se levantou. O georgiano seguia pressionando não dando espaço ao antigo dono do cinturão. A etapa acabou com Dvalishvili ensaiando uma guilhotina.

No segundo round, Merab começou mais agressivo, lançando diretos no rosto do russo. Yan encontrava dificuldades em atingir o adversário e levava a pior no embate. Aos poucos, o georgiano mostrava mais segurança e se soltava no embate, anulando o ex-campeão. Na metade da etapa, Merab conseguiu derrubar o russo. Yan fez força e conseguiu ficar de pé, mas a vantagem seguia com Dvalishvili. Com dois minutos passados, Petr segurou um chute do oponente e conseguiu levar o embate para o chão. Experiente, Merab conseguiu ficar de pé e passou a pressionar o rival contra as grades. No minuto final, Dvalishvili voltou a derrubar e conseguiu chegar às costas do ex-campeão. Yan conseguiu ficar de pé, mas não havia mais tempo.

PUBLICIDADE:

O terceiro round começou com os atletas medindo forças no centro do octógono. Dvalishvili combinava trocação com luta agarrada, enquanto Yan buscava o ‘elemento surpresa’ para surpreender o oponente. Na metade da etapa, Dvalishvili conseguiu se agarrar ao ex-campeão e pressionava contra as grades. Petr conseguiu se afastar, mas o georgiano era incisivo na estratégia. No minuto final, Merab insistia na queda, enquanto Yan apenas se protegia. A etapa acabou com os atletas se encarando no centro do octógono.

Na penúltima etapa, Dvalishvili seguia com grande volume de luta. Logo nos segundos iniciais, o georgiano partiu para cima do russo e combinava socos e chutes. Com quase dois minutos passados, foi a vez de Yan pressionar o oponente contra as grades, mas sem contundência. Merab conseguiu se afastar e seguia dominando o embate. Nos segundos finais, Dvalishvili ensaiou uma guilhotina em pé, mas não havia mais tempo.

O último round seguia com pressão de Merab sobre o russo. O georgiano esbanjava vigor físico e não dava espaço ao ex-campeão. Acuado, Petr se preocupava em defender as quedas e pouco produzia no confronto. Com pouco mais de um minuto, Dvalishvili conseguiu a queda e seguia anulando Yan. Na metade da etapa, Petr conseguiu se afastar, mas seguia acuado pelo oponente. Quase no minuto final, o georgiano seguia derrubando o russo, que continuava se levantando. O domínio total de Merab era evidente, enquanto a expressão frustrada de Petr permanecia. A etapa acabou com Dvalishvili pressionado o ex-campeão contra as grades.

PUBLICIDADE:

Estatísticas do UFC Las Vegas

Resultados do UFC Las Vegas

CARD PRINCIPAL 

Peso galo (até 61,2kg): Merab Dvalishvili derrotou Petr Yan na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso pesado (até 120,2kg.): Alexander Volkov derrotou Alexandr Romanov por nocaute técnico a 2m16s do R1

Peso casado (até 97,5kg.): Nikita Krylov finalizou Ryan Spann com um triângulo a 3m38s do R1

Peso galo (até 61,2kg): Jonathan Martinez derrotou Said Nurmagomedov na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Mario Bautista finalizou Guido Cannetti com um mata-leão a 3m18s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Vitor Petrino derrotou Anton Turkalj na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

Peso pesado (até 120,2kg.): Karl Williams derrotou Lukasz Brzeski na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 30-26)

Peso galo (até 61,2kg.): Davey Grant finalizou Raphael Assunção com um triângulo invertido a 4m43s do R3

Peso médio (até 83,9kg.): Josh Fremd finalizou Sedriques Dumas com uma guilhotina a 3m do R2

Peso galo (até 61,2kg.): Victor Henry derrotou Tony Gravely na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29-, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg): Ariane Lipski derrotou J.J Aldrich na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (56,7kg.): Bruno Bulldoguinho finalizou Tyson Nam com um mata-leão a 1m23s do R2

Peso meio-médio (até 77,1kg): Carlston Harris derrotou Jared Gooden na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27, 30-27)

Leia Mais sobre: , ,


Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300