Wand escolhe luta de amigos no TUF Brasil 3 e Vitor Miranda vence segunda para Sonnen

Wand gera polêmica ao casar luta de amigos e companheiros de equipe; Vitor nocauteou o parceiro de Team Nogueira Antonio Montanha

Vitor Miranda e Montanha TUF Brasil 3

Esta cobertura é patrocinada por: Esta cobertura È patrocinada por EVERLAST

Em uma luta de companheiros de equipe, Vitor Miranda, do time de Chael Sonnen, derrotou Antonio Montanha, da equipe de Wanderlei Silva, e se classificou para as semifinais do TUF Brasil 3 entre os pesos pesados. O combate entre amigos escolhido por Wanderlei Silva gerou nova polêmica no programa. Vinny Pezão, técnico auxiliar de Sonnen, chegou a chamar o rival de ‘falso moralista’.

O programa

O oitavo episódio do TUF começou com polêmica logo no casamento da luta. Com o direito de escolha, Wanderlei Silva selecionou Antonio Montanha para representar seu time, enquanto Vitor Miranda foi o escolhido para representar a equipe liderada por Chael Sonnen. Porém, os pesos pesados são companheiros de treino na Team Nogueira e não esconderam o incomodo com o combate.

“Na academia nos brincávamos que íamos sair na porrada, mas quando chega aqui o clima fica estranho”, disse Vitor. Já Vinny Pezão, técnico auxiliar do time de Sonnen, não poupou críticas ao rival.

“Wanderlei fez o maior escândalo porque o Vitor (Belfort) fez isso (escolheu a luta entre os amigos Rony Jason e Gasparzinho) na primeira temporada. Falso moralista. Fala mal de uma coisa e vai lá e faz a mesma coisa”, disparou.

Ainda durante os treinos da equipe de Chael Sonnen, os lutadores receberam uma visita especial. O peso médio japonês Yushin Okami, ex-desafiante ao cinturão dos médios do UFC, treinou com os atletas e fez  um treino quente com os atletas.

A luta

O combate entre os parceiros de time começou estudada. Montanha, mesmo com maior envergadura, encurtou a distância e pressionou Vitor contra as grades. Mas o representante do time de Chael Sonnen conseguiu se desvencilhar e voltar para a luta na trocação.

Com boas combinações de golpes, sempre terminados com chutes baixos, Vitor abriu o caminho para a vitória no final do primeiro round. Depois de levar Montanha a knockdown, ele aplicou uma série de socos no chão até o árbitro decretar o nocaute técnico.

Após o combate a emoção tomou conta dos lutadores. Amigos, os lutadores deixaram a área de luta abraçados e choraram pelo casamento da luta. “Era muito triste. Eu chorei por ele, mas fiz pela minha família e é melhor chorar por ele do que chorar por mim”, disse Miranda.

Com a vitória o time de Chael Sonnen vence a segunda seguida no reality e diminui a vantagem do time rival para 4×2. No próximo programa, os pesos médios Ismael Marmota e Warlley Alves duelam pela última vaga nas semifinais dos pesos médios.

Marcio Lyoto continua

Logo na abertura da edição, Marcio Lyoto, vencedor da luta do último domingo, apareceu de volta a casa após lesionar o pé no embate contra Paulo Borrachinha. Apesar de deixar o octógono mancando, ele foi ao hospital e fará trabalho de fisioterapia até ser reexaminado para sua próxima luta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments