Belfort agradece elogios de Sonnen, mas provoca falastrão e sobra até para o Fluminense

Lutador usou equipe carioca como exemplo para criticar escolha das lutas do norte-americano

V. Belfort (foto) não recebeu bem os elogios de Sonnen. Foto: Josh Hedges/UFC

V. Belfort (foto) não recebeu bem os elogios de Sonnen. Foto: Josh Hedges/UFC

Recentemente, Chael Sonnen surpreendeu ao abandonar o usual tom crítico e exaltar Vitor Belfort em entrevista, afirmando que o brasileiro é o lutador mais assustador do Ultimate depois do campeão dos meio-pesados Jon Jones. Apesar de elogiosas, as palavras do norte-americano não foram tão bem recebidas por Vitor, que até chegou a agradecer o falastrão, mas preferiu provocá-lo. Na resposta de Belfort, acabou sobrando até para o Fluminense – equipe de futebol de sua cidade-natal, o Rio de Janeiro.

VEJA TAMBÉM:
– Dana diz que retorno de Anderson é questão psicológica
– Maracanãzinho será sede do UFC Rio 5, em outubro

“Primeiro quero agradecer a ele pela valorização. O Chael Sonnen, melhor do que ninguém hoje, vende muito bem e se coloca muito bem. É impressionante como o cara pode vir de tanta derrota e continuar lutando contra os tops. Isso me impressiona muito, essa ética, esse ‘critério’. Qual é o ‘critério’? É como se o Fluminense tomasse uma sova nas oitavas, nas quartas, perdesse e fosse desclassificado e quisesse disputar a final do Campeonato Brasileiro. Essa é a minha resposta, mas agradeço pelo reconhecimento dele”, disparou Vitor, em entrevista ao site do canal “Combate”.

Ouça o Podcast Super Lutas, com entrevistas de Rogério Minotouro e Rafael Sapo Natal:

Apesar de impreciso, já que o Campeonato Brasileiro é disputado no sistema de pontos corridos e não possui fases eliminatórias desde 2003 o exemplo de Belfort pode conter uma pequena instigação ao Fluminense. Isso porque, no fim do ano passado, embora não tenha envolvimento direto com o caso, o clube acabou beneficiado por uma decisão da justiça desportiva que culminou na perda de pontos da Portuguesa (SP) e, por isso, não foi rebaixado à segunda divisão. O caso ganhou repercussão nacional e virou tema recorrente de piadas e protestos entre os torcedores rivais.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments