Empresário explica desmaio de Stefan Struve e projeta retorno do holandês ao UFC

Lex McMahon insiste que susto enfrentado no UFC 175 não tem relação com o problema cardíaco do lutador

S. Struve (foto) teve sua luta cancelada no UFC 175. Foto: Josh Hedges/UFC

S. Struve (foto) teve sua luta cancelada no UFC 175. Foto: Josh Hedges/UFC

No dia 5 de julho, no UFC 175, Stefan Struve deu um grande susto na comunidade do MMA. Prestes a retornar ao octógono após um longo tempo afastado por conta de problemas cardíacos, o gigante holandês sofreu um desmaio no vestiário e teve sua luta contra Matt Mitrione cancelada de última hora. O episódio provocou diversos questionamentos sobre a saúde de Struve, que segue sem previsão de quando poderá lutar novamente.

No entanto, o empresário do lutador, Lex McMahon, não se sente pessimista com relação ao futuro de Struve no UFC. Em entrevista ao podcast “The MMA Hour”, McMahon garantiu que o problema enfrentado pelo holandês não tem relação alguma com sua condição cardíaca, e que o episódio foi provocado por problemas psicológicos.

“O que ele teve se resume a um ataque de pânico. Isso se manifestou de maneira física, com ele desmaiando pouco antes de sua luta. Eu acho que ele não conseguiu tomar conta da emoção de subir no octógono. Ele tinha algumas questões com relação a sua saúde, mesmo que tivesse sido liberado por um especialista. Tudo isso voltou como uma tempestade e, infelizmente, criou uma quantidade tremenda de ansiedade, e isso o fez desmaiar”, disse McMahon, que insiste que Struve está saudável para lutar.

“Stefan já passou por diversos médicos, e eles reiteraram que não há nada errado fisicamente com ele. Foi mais uma resposta psicológica que criou uma manifestação física com seu desmaio”, esclareceu o empresário.

Assim, McMahon diz que já iniciou as conversas com o UFC para agendar um novo compromisso para Struve – desta vez, em um card que não coloque muita pressão sobre o lutador. “Falei com Dana [White, presidente do UFC] por várias vezes e ele me perguntou se Stefan quer lutar. Tenho passado muito tempo com Stefan desde o cancelamento da luta, e a resposta para a pergunta é sim em 100% das vezes. Ele, definitivamente, quer lutar. Meu palpite é que nós o veremos de volta em breve. Dana tem mostrado apoio e cabe a nós definir quando isso acontecerá. Teremos algo para Stefan em breve”, disse o empresário.

McMahon continua: “Vamos trabalhar com o UFC para arranjar uma abordagem que não coloque muita pressão sobre ele, já que ele estava em um dos grandes eventos do ano e no card principal. Acho que as pessoas não se dão conta de quanta pressão está associada a isso, desde responsabilidades com a imprensa até à ideia de que há milhões de pessoas te assistindo. Isso é muito para um homem jovem”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments