Uma semana após espancar atriz pornô, War Machine é capturado nos EUA

War Machine é acusado de agredir a ex-namorada Christy Mack na última sexta (8); prisão foi efetuada pela polícia federal

War Machine (foto) foi preso em sua cidade-natal, na Califórnia. Foto: Reprodução

War Machine (foto) foi preso em sua cidade-natal, na Califórnia. Foto: Reprodução

Durou exatamente uma semana a fuga do lutador War Machine, após o caso de agressão à sua ex-namorada, a atriz pornô Christy Mack, e um amigo. Nesta sexta-feira (15), por volta de 17h45 (pelo horário oficial de Brasília), o ex-atleta do UFC e do Bellator foi capturado por agentes da polícia local e da polícia federal em um hotel na sua cidade-natal Simi Valley, no estado norte-americano da Califórnia.

RELEMBRE O CASO:
Atriz pornô relata agressão sofrida: ‘Achei que ia morrer’
War Machine se manifesta após crime: ‘Coração partido’
Atriz pornô cria fundo para despesas médicas de Christy Mack

Segundo o site “TMZ Sports”, War Machine foi conduzido à prisão no Condado de Ventura e alegou inocência no caso de violência doméstica seguidas vezes aos policiais responsáveis por sua prisão. A publicação ainda deu detalhes do momento da captura, relatando que o lutador foi encontrado comendo uma pizza no quarto de hotel e portando apenas uma pequena quantidade de dinheiro.

LEIA TAMBÉM:
De assalto a agressão: relembre os maiores crimes do MMA
Dana White diz que teria separado briga de Jones e Cormier
VÍDEO: Anderson Silva treina de olho no retorno ao UFC

 

Logo após a prisão de War Machine, o Departamento de Polícia de Simi Valley divulgou uma nota oficial em seu site:

A Polícia Federal dos Estados Unidos (US Marshal’s) requisitaram assistência do Departamento de Polícia de Simi Valley para efetuar a prisão de Jonathan “War Machine Koppenahver no dia 15/08/2014, aproximadamente às 13:45 (pelo horário local).

Os agentes federais possuíam um mandado de prisão para Koppenhaver decorrente de um incidente em Las Vegas (Nevada) na última semana. Koppenhaver era morador de Simi Valley e as investigações federais indicaram que ele possivelmente estaria na cidade.

Investigações posteriores revelaram que ele estava hospedado no “Hotel Extended Stay America”, localizado na Rua Stearns, 2498, em Simi Valley. Oficiais de Simi Valley ao lado dos agentes federais localizaram seu quarto e o prenderam sem incidentes.

Dentro da sala havia uma pequena quantidade de dinheiro e uma pizza. Os agentes federais levaram o senhor Koppenhaver para o Departamento de Polícia de Simi Valley para registrar seu mandado de Nevada. Ele foi transportado para a cadeia do Condado de Ventura.

Todas as outras perguntas devem ser dirigidas ao Departamento de Polícia Metropolitana Las Vegas ou aos US Marshal’s. A Polícia Simi Valley esta fornecendo este comunicado como notificação do incidente e não têm mais qualquer papel investigativo na investigação criminal.

Caso não foi o único recente de violência doméstica no MMA

Infelizmente, o caso de War Machine e Christy Mack, não foi o único ocorrido na última semana em que atletas de MMA cometeram atos de violência contra suas cônjuges. Em menos de cinco dias, o ex-lutador Josh Grispi, que esteve muito perto de desafiar José Aldo pelo cinturão dos penas do UFC, foi preso duas vezes por agressões à sua esposa, que incluíram ordens de ataque a seu cachorro da raça pitbull contra a mulher. Confira este caso AQUI.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments