Aos 40 anos, Ovince St. Preux supera ‘garotão’ em luta no UFC Las Vegas 88

Veterano da organização passa por Kennedy Nzechukwu em luta decidida nos pontos

Ovince St. Preux em luta no UFC Las Vegas 88. Foto: Divulgação/UFC

Aos 40 anos, Ovince St. Preux provou que tem condições de lutar de igual para igual com prospectos do Ultimate. Recordista de apresentações nos meio-pesados (até 93kg.) da empresa, o veterano foi destaque no UFC Las Vegas 88 e somou mais uma vitória ao passar por Kennedy Nzechukwu, de 31. Em desafio equilibrado, o ex-desafiante ao cinturão interino triunfo na decisão dividida dos juízes.

O resultado positivo devolve Saint Preux à prateleira de vitórias na organização. Sem lutar há um ano, o combatente se recuperou da derrota sofrida contra Philipe Lins, em 2023.

PUBLICIDADE:

Veja Também

J. Aldo celebra vitória no UFC Vegas 44

Batido no UFC Las Vegas 88, Kennedy Nzechukwu teve o sinal de alerta ligado. O atleta, agora, soma dois tropeços consecutivos.

Veterano Interminável

Aluta começou com St. Preux tomando a iniciativa com um chute frontal, que passou no vazio. Os atletas se estudavam no centro do octógono e aguardavam o melhor momento para atacar. O desafio era tenso, já que ambos são conhecidos pelo poder de nocaute. Nzechukwu era ‘tímido’ na luta e apostava em ataques na longa distância.

PUBLICIDADE:

No segundo round, o embate seguiu morno. Os atletas evitavam a luta franca e evitavam erros fatais. Na metade da etapa, Ovince assustou o adversário ao lançar novo chute frontal. O ataque tocou o queixo do oponente. A movimentação de St. Preux confundia o adversário, que não conseguia impor seu ritmo. O veterano pontuava com combinação de jabs, diretos e chutes baixos.

O último round começou com ação agressiva de Ovince contra Nzechukwu. Com um upper, o veterano desequilibrou o adversário, que chegou a cair. Kennedy ficou de pé, mas seguia vítima da performance do rival. Restando dois minutos para o fim da etapa, os atletas passaram a trocar golpes no centro do octógono. Nos segundos finais, Saint Preux dava sinais de desgaste e  suas ações não causavam dano.

Promessa perde invencibilidade em luta alucinante

Christian Rodriguez (esq.) em luta no UFC Las Vegas 88. Foto: Divulgação/UFC

Promessa no peso pena (até 65,7kg.) do Ultimate, Christian Rodriguez fez mais uma vítima no octógono. Adversário de Isaac Dulgarian, que chegou invicto para a luta, o atleta sobreviveu a um verdadeiro sufoco no primeiro round e protagonizou grande virada em confronto alucinante. Ao fim de três assaltos, o combatente foi declarado vencedor na decisão dividida.

Com 26 anos, Rodriguez amplia o bom momento na companhia. Agora, o atleta soma quatro triunfos seguidos.

Depois de início arrasador no embate, Dulgarian pagou o preço do ímpeto em vencer na via rápida. Sem nocaute ou finalização, o atleta sentiu o desgaste e amargou a primeira derrota em sete apresentações no MMA profissional.

Macy Chiasson volta a finalizar adversária em revanche

Macy Chiasson finaliza Pannie Kianzad no UFC Las Vegas 88. Foto: Divulgação/UFC

Cinco anos após superar Pannie Kianzat no Ultimate, Macy Chiasson repetiu o feito. Em revanche contra a velha conhecida, a lutadora teve performance avassaladora e repetiu a finalização imposta sobre a adversária em 2018. O triunfo aconteceu no primeiro round.

Com a vitória, Chiasson se recupera da derrota sofrida diante de Irene Aldana, em 2022. Em entrevista após o triunfo, a atleta admitiu que pensou em se aposentar depois do último tropeço.

Superada por Macy, Pannie teve o sinal de alerta ligado. A combatente, agora, acumula três reveses nos últimos cinco embates.

Gerald Meerschaert ‘apaga’ rival e afasta má fase

Gerald Meerschaert finalizou Bryan Barbarena no UFC Las Vegas 88. Foto: Reprodução/Twitter @UFCNews

Em confronto de veteranos no UFC Las Vegas 88, Gerald Meerschaert venceu com propriedade. No seu 53º desafio no MMA profissional, o lutador não tomou conhecimento de Bryan Barbarena e deixou o oponente apagado no octógono. Com mata-leão, o atleta finalizou o oponente no segundo round.

A vitória faz com que Meerschaert respire aliviado na companhia. Antes do embate, o norte-americano somava três reveses nas últimas cinco apresentações.

Celebração de um lado, preocupação do outro. Finalizado no evento, Barbarena atingiu a marca de quatro derrotas seguidas.

Resultados UFC Las Vegas 88

CARD PRINCIPAL 

Peso pesado (até 120,2 kg): Tai Tuivasa x Marcin Tybura

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Bryan Battle x Ange Loosa terminou em ‘no contest’ por dedo no olho acidental a 1m do R2

Peso meio-pesado (até 93 kg): Ovince St. Preux derrotou Kennedy Nzechukwu na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena (até 65,7 kg): Christian Rodriguez derrotou Isaac Dulgarian na decisão dividida dos juízes (28-27, 27-28, 28-27)

Peso galo (até 61,2 kg): Macy Chiasson finalizou Pannie Kianzad com um mata-leão a 3m54s do R2

Peso médio (até 83,9 kg): Gerald Meerschaert finalizou Bryan Barberena com um mata-leão a 4m23s do R2

CARD PRELIMINAR 

Peso leve (até 70,3 kg): Mike Davis finalizou Natan Levy com um katagatame a 1m43s do R2

Peso galo (até 61,2 kg): Chelsea Chandler derrotou Josiane Nunes na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7 kg): Jafel Filho finalizou Ode Osbourne com um mata-leão a 4m27s do R1

Peso pena (até 65,7 kg): Danny Silva derrotou Joshua Culibao na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha (até 52,1 kg): Jaqueline Amorim finalizou Cory McKenna com uma chave de braço a 1m38s do R1

Peso leve (até 70,3 kg): Thiago Moisés derrotou Mitch Ramirez por nocaute técnico (chutes) a 15s do R3

Peso galo (até 61,2 kg): Chad Anheliger derrotou Charalampos Grigoriou na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Estatística do UFC Las Vegas 88

Leia Mais sobre: , , , , , , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88 Resultados do UFC 299