UFC 180: Werdum provoca rival com máscara de oxigênio e confirma luta pelo cinturão

Neozelandês reclamou das dificuldades para se adaptar a altitude mexicana e teve resposta do brasileiro em tom de brincadeira

Werdum (esq.) provoca Hunt (dir.) com máscara de oxigênio. Foto: Reprodução/YouTube

Werdum (esq.) provoca Hunt (dir.) com máscara de oxigênio. Foto: Reprodução/YouTube

Durante a última semana, Mark Hunt, que teve apenas três semanas para se preparar para o UFC 180, disse algumas vezes que vinha encontrando dificuldades para se adaptar à altitude mexicana. A declaração não passou batida pelo brasileiro Fabrício Werdum, que, descontraído como de costume, usou o fato para provocar o adversário. Após passar pela balança na pesagem oficial do evento, nesta sexta-feira (14), Werdum foi para a encarada com Hunt, contra quem disputa o cinturão interino dos pesos pesados, usando uma máscara de oxigênio e a ofereceu para o rival.

LEIA TAMBÉM:
– Vídeo: Werdum busca consagração no cinturão dos pesados
– Vídeo: Relembre a finalização de Werdum sobre Fedor
– Velasquez minimiza Wedum x Hunt: ‘Não é campeão de verdade’

O neozelandês não conteve o riso ao ver a cena e levou a provocação na esportiva, chegando a pegar o “presente” das mãos do brasileiro. Só então, os dois fizeram a tradicional pose com os punhos cerrados e olhar fixo. Esta não foi, no entanto, a única brincadeira de Werdum, que fez questão de tirar uma selfie com o público presente na “Arena Ciudad de Mexico” quando entrou no palco e, posteriormente, puxar o coro da tradicional canção mexicana “Cielito Lindo”, entoada a plenos pulmões pelos presentes, sob a promessa de que será sua música de entrada no evento deste sábado (15).

Na balança, Werdum teve vida bem mais tranquila que Hunt. O brasileiro se apresentou com 105,2 kg, exatos 15 kg a menos do que o permitido para a categoria. Já o neozelandês, que revelou ao aceitar a luta que teria que perder nada menos do que 20 kg, bateu o limite da divisão, 120,2 kg. Com isso, os dois confirmaram o duelo principal da noite e lutarão pelo cinturão interino da categoria peso pesado.

Mesmo sem ajuda de especialista, Gastelum supera balança

Com problemas recorrentes para passar pela balança, o campeão do TUF 17 Kelvin Gastelum desta vez não contou com o “mago da dieta” Mike Dolce. Mas engana-se quem pensa que por isso ele teve problemas para bater o peso. Gastelum bateu 77,5 kg com relativa tranquilidade e ainda encontrou forças para trocar provocações com o rival Ellenberger, que também cravou 77,5 kg, na encarada. A dupla faz a luta co-principal da noite.

Finalistas do TUF batem o peso com sobras

Na maioria das pesagens, é comum ver quase todos os atletas se apresentando no limite exato da categoria ou até mesmo usando a libra excedente permitida em lutas não válidas pelo cinturão. Mas no caso dos finalistas do TUF América Latina o peso não parece ser um  problema real. Nenhum dos quatro atletas que fazem as duas decisões do reality show usou a libra excedente permitida e um deles até se apresentou abaixo do peso-limite.

Na categoria peso galo, Alejandro Pérez e José Quiñonez cravaram 61,2 kg. Já na divisão dos penas, Yair Rodriguez se apresentou com 65,7 kg, enquanto seu rival Leonardo Morales veio ainda mais leve com 65,3 kg. Dos duelos, que fecham o card preliminar, sairão os dois primeiros campeões da história do TUF América Latina.

Confira abaixo todos os resultados da pesagem oficial do UFC 180:

CARD PRINCIPAL

Peso pesado (até 120 kg): Fabrício Werdum (105 kg)x Mark Hunt (120,2 kg);

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Kelvin Gastelum (77,5 kg) x Jake Ellenberger (77,5 kg);

Peso pena (até 66 kg): Dennis Bermudez (66,2 kg) x Ricardo Lamas (65,8 kg);

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Chris Heatherly (77,1 kg)x Augusto Montaño (70,7 kg);

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Edgar García (77,1 kg) x Hector Urbina (76,6 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 66 kg): Yair Rodríguez (65,7 kg) x Leonardo Morales (65,3 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Alejandro Pérez (61,2 kg) x José Quiñonez (61,2 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Jessica Eye (60,7 kg) x Leslie Smith (60,7 kg);

Peso pena (até 66 kg): Gabriel Benítez (65,7 kg) x Humberto Brown (66,2 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Guido Cannetti (61,2 kg)x Henry Briones (60,8 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Marlon Vera (61,2 kg) x Marco Beltrán (61,6 kg);

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments