'Jones terá de defender tudo o que disse sobre mim', diz Daniel Cormier | SUPER LUTAS

‘Jones terá de defender tudo o que disse sobre mim’, diz Daniel Cormier

Desafiante pelo cinturão aprecia alta confiança do campeão e espera que rival tente testar seu wrestling no UFC 182

Cormier (foto) desafiará Jones no UFC 182. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Cormier (foto) desafiará Jones no UFC 182. Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC

Depois de muitos meses de provocações, críticas e até uma briga durante uma coletiva de imprensa, Jon Jones e Daniel Cormier finalmente terão a oportunidade de resolver suas diferenças dentro do octógono no primeiro grande evento de 2015, o UFC 182, que será realizado neste sábado (3), em Las Vegas (EUA).

Veja Também

O desafiante pelo cinturão dos meio-pesados, que também tentará manter seu cartel invicto no MMA, utilizou uma analogia diferente mostrar sua visão sobre o combate. “Será como uma sessão em um tribunal: eu serei o juiz e ele terá de defender tudo o que disse”, afirmou Cormier, durante os treinos abertos para o evento.

“Eu amo este esporte porque, no final das contas, nos trancarão dentro do octógono e nós teremos que resolver esta situação. Então, ele pode tirar sarro do quarto lugar que tive nas Olimpíadas, pode tirar sarro do meu corpo, pode tirar sarro de tudo. No final das contas, no sábado à noite, ele terá que dividir a jaula comigo por 25 minutos. Esse é o teste definitivo”, continuou DC.

Tendo o wrestling como seu principal ponto forte, Cormier espera que Jones não fuja da luta agarrada durante o combate. “Eu quero que ele tente lutar wrestling comigo. Seria ótimo. Eu quero lutar com ele em todas as áreas. Sua confiança em si mesmo é o que o torna tão bom, e não quero que isso mude. Estou feliz que ele tenha confiança em si mesmo. E se ele me quedar? Não importa. Eu simplesmente vou me levantar. Esse é o segredo. Eu não estou aqui dizendo ‘eu nunca vou ser quedado em uma luta de MMA’. Eu vou lutar contra todas as tentativas de me quedar, mas, se alguém me derrubar, eu vou levantar. Não é grande coisa”, concluiu.

A luta entre Jones e Cormier será a atração principal do primeiro evento do UFC em 2015, no ginásio MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. Será a oitava defesa de cinturão de Jones, que, desde que conquistou o título, em 2011, passou por Quinton Jackson, Lyoto Machida, Rashad Evans, Vitor Belfort, Chael Sonnen, Alexander Gustafsson e Glover Teixeira. Já Cormier conquistou duas vitórias desde que se mudou para os meio-pesados, atropelando Patrick Cummins e Dan Henderson. Antes, ainda nos pesados, DC se destacou com vitórias sobre Antônio Pezão, Josh Barnett, Frank Mir e Roy Nelson.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments