Balas de revólver em bagagem atrapalham chegada de Frank Mir a Porto Alegre

Norte-americano, que enfrenta Antônio Pezão no primeiro UFC no Rio Grande do Sul, chegou a ficar algumas horas detido em aeroporto de São Paulo

Mir 4

Mir (foto) chegou a ficar algumas horas detido em aeroporto de São Paulo. Foto: Divulgação

Por muito pouco a luta principal do UFC Fight Night 61, que será realizado neste domingo (22) em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, não precisou sofrer novas alterações. Na última terça-feira, Frank Mir, que enfrenta o brasileiro Antônio Pezão na grande atração do evento, teve sua chegada ao Brasil atrapalhada por um problema inusitado: em sua mala havia duas cápsulas de revólver.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Segundo apurações do site do canal “Combate”, o norte-americano, que desembarcou em São Paulo antes de fazer conexão a Porto Alegre, precisou explicar às autoridades a presença dos projéteis em sua mala. De acordo com Mir, a bagagem era antiga, de modo que ele não havia percebido que carregava os objetos.

Após algumas horas detido no aeroporto, inclusive com a intervenção do setor jurídico do UFC, Mir foi liberado e seguiu normalmente sua viagem a Porto Alegre, onde já se encontra. Contra Pezão, o norte-americano tentará quebrar uma sequência negativa de quatro derrotas em sequência; já Pezão não vence há três combates, tendo tido duas derrotas e um empate em suas últimas três lutas.

PUBLICIDADE:

A luta entre Frank Mir e Antônio Pezão já foi a segunda opção do UFC para encabeçar a primeira visita da organização a Porto Alegre. Originalmente, o combate principal da noite seria entre os meio-pesados Rashad Evans e Glover Teixeira, mas ambos os atletas se lesionaram e não puderam participar do card. O evento será realizado no Ginásio Gigantinho, no complexo do Beira-Rio.

[vox id=”28487″]

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276



Comentários

Deixe um comentário