Empresário: Sonnen voltará ao UFC após suspensão por doping, em 2016

Falastrão atualmente é comentarista na TV norte-americana e comanda um podcast semanal, mas não luta desde novembro de 2013

C. Sonnen (foto) não luta profissional desde novembro de 2013. Foto: Reprodução

C. Sonnen (foto) não luta profissional desde novembro de 2013. Foto: Reprodução

Durante os cinco anos em que permaneceu no UFC, Chael Sonnen foi um dos atletas mais bem sucedidos financeiramente da organização e alcançou um lugar de destaque no esporte, mesmo sem jamais ter conquistado um cinturão. No entanto, tudo isso mudou no ano passado, quando Sonnen foi flagrado duas vezes no antidoping, teve sua luta com Wanderlei Silva cancelada, recebeu uma suspensão disciplinar de dois anos e anunciou sua aposentadoria do esporte. Porém, a situação pode sofrer uma grande reviravolta no ano que vem, quando o gancho aplicado pela Comissão Atlética de Nevada termina, e o falastrão acabar voltando ao octógono.

Veja Também

Vídeo: Em simulação no videogame, Vitor Belfort é nocauteado por Weidman
Weidman evita polêmica sobre Belfort e TRT: ‘Vou vencê-lo de qualquer jeito’
Dana White crava: ‘Luta entre Cyborg e Ronda venderia mais de 2 milhões de PPV’

Quem garante isso é o empresário do atleta, conforme reportagem do jornal oficial do UFC na TV norte-americana, o “UFC Tonight”. De acordo com o jornalista Ariel Helwani, o agente confirmou os planos de Sonnen, que completa 39 anos em abril de 2016, de voltar ao MMA tão logo chegue ao fim o prazo de sua suspensão disciplinar.

Apesar do desejo de retornar ao MMA, a vida de aposentado de Sonnen não pode ser considerada ruim. Após perder até seu cargo de comentarista no canal norte-americano “FOX Sports”, parceiro do UFC, após o escândalo de doping, Sonnen foi contratado pela rival ESPN e hoje atua como analista nas prévias e mesas redondas sobre os principais eventos. Além disso, o norte-americano comanda o podcast semanal “You’re Welcome”, no qual recebe celebridades e estrelas do mundo das artes marciais, e que vem crescendo em popularidade e números de anunciantes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments