Com moral após nocaute, ‘vovô’ Dan Henderson recebe desafio de ex-militar do UFC

Tim Kennedy foi às redes sociais propor luta contra Hendo na próxima edição do UFC: Fight for the Troops

Hendo bateu Boetsch na luta principal do UFC em New Orleans. Foto: Josh Hedges/UFC

Hendo bateu Boetsch na luta principal do UFC em New Orleans. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

‘Velhinho’, Hendo atropela Boetsch em apenas 28 segundos no UFC Fight Night 68
Vídeo: Assista aos melhores momentos de Dan Henderson x Tim Boetsch
Belfort admite erros em derrota, mas garante: ‘Quero lutar de novo contra o Weidman’

O veterano Dan Henderson, que completa 45 anos daqui a menos de dois meses, foi o grande protagonista do UFC Fight Night 68, realizado no último fim de semana, em Nova Orleans (EUA). Com um nocaute avassalador sobre Tim Boetsch em apenas 28 segundos, ele roubou a cena e chamou a atenção da categoria peso médio. Após o triunfo, Hendo foi alvo do ex-militar Tim Kennedy, que até o parabenizou por meio de publicação nas redes sociais, mas não perdeu a chance de lançar um desafio direto.

“Ei, Dan Henderson, PARABÉNS pela sua vitória. Aproveite seu descanso. Vamos conversar com o Dana White sobre fazer uma luta no ‘UFC Fight for the Troops’ (cards promovidos pelo Ultimate em bases militares dos Estados Unidos) e fazer um verdadeiro espetáculo”, escreveu Tim, em seu perfil oficial no Twitter.

A notícia acaba surpreendendo também porque Tim Kennedy já havia cogitado até mesmo se aposentar do MMA profissional em recentes entrevistas, a menos que aparecesse “alguma luta interessante”, segundo ele próprio. Até o momento, não há nenhuma estimativa de quando acontecerá a próxima edição do UFC Fight for the Troops. A última vez que a organização promoveu um card para arrecadar fundos para os militares foi justamente com Kennedy no evento principal, em 2013, e o norte-americano venceu o brasileiro Rafael Sapo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments