Lutador do UFC dispara: 90% dos atletas de MMA usam esteroides

Sam Alvey disse que espera que alguns atletas sejam flagrados pela nova política antidoping do UFC, mas que "as pessoas sempre acham um jeito de trapacear"

S. Alvey (foto) se incluiu no seleto grupo de atletas que não estão sob efeito de esteroides. Foto: Josh Hedges/UFC

S. Alvey (foto) se incluiu no seleto grupo de atletas que não estão sob efeito de esteroides. Foto: Josh Hedges/UFC

A recente onda de casos de doping, que teve seu maior expoente nos exames positivos do ex-campeão brasileiro Anderson Silva, despertou a preocupação do público em relação ao uso de substâncias proibidas no MMA. E se depender das palavras do peso médio do UFC Sam Alvey, a desconfiança é mais do que justificável. Em entrevista, Alvey falou sobre o uso de drogas para melhora de desempenho entre os atletas profissionais, não exitou em acusar o lendário Fedor Emelianenko e arriscou um percentual alto ao falar dos esteroides no esporte.

Veja Também

McGregor provoca Aldo e brasileiro ironiza: ‘Que medo, nem vou dormir hoje’
Royce Gracie demonstra interesse em nova luta contra Ken Shamrock, agora no Bellator
Açougueiro e Reginaldo Vieira garantem últimas vagas nas finais do TUF Brasil 4
Joanna Jedrzejczyk massacra Jessica Penne e defende cinturão dos palhas no UFC Berlim

“Todo mundo toma esteroides. Eu acho que mesmo no UFC hoje em dia, a maioria dos caras tomam. Isso era uma condição comum. Então, mesmo se ele (Fedor Emelianenko) usava esteroides, todos os outros também usavam”, disse Alvey, em entrevista ao podcast “P4P”, sem economizar nos números ao falar sobre quantos atletas estariam fazendo uso de esteroides no Ultimate. “Eu diria 90%… Seres humanos não se parecem com isso”, completou.

“Simley” (sorridente, em tradução livre), como é conhecido, ainda disse que espera que alguns atletas sejam flagrados com a nova, e mais rígida, política antidoping do UFC, mas garantiu que, assim como aconteceu em outras modalidades, os atletas vão encontrar uma forma de trapacear.

“É, eu acho que alguns vão ser pegos. No beisebol, eles ganham muito mais dinheiro, então podem pagar por drogas realmente muito boas. As pessoas sempre vão achar um jeito de trapacear. É só uma questão de ver como as coisas são e pagar para usar as drogas que não estão sendo testadas. O que é este spray de chifre de veado (red deer antler) que todo mundo está usando no beisebol agora? Agora, eles estão testando os caras e vão achar em todos. Então, eles vão achar alguma coisa que os faça ficar ainda mais fortes e que ainda não esteja no escopo dos testes. As pessoas sempre acham um jeito de trapacear”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments