Dana White confia em participação de Aldo no UFC 189, mas critica treinamento do campeão

Presidente do UFC não se conforma que brasileiro tenha se contundido a menos de um mês da ‘maior luta de sua vida’

J. Aldo (esq.) e D. White (dir.): clima bom, só na foto. Foto: Reprodução

D. White (dir.) confia em participação de Aldo no UFC 189. Foto: Reprodução

A direção do UFC confia que os planos originais para o evento de 11 de julho serão mantidos. Apesar da lesão na costela de José Aldo, o presidente da organização, Dana White, e o sócio Lorenzo Fertitta acreditam que o brasileiro estará apto para subir no octógono e enfrentar Conor McGregor.

Veja Também

Ex-lutador do UFC e comentarista diz que Aldo deverá lutar no UFC 189 pelo dinheiro
Comissão de Nevada diz que Aldo não deverá ter problemas para receber licença para lutar
Treinador de Aldo aponta divergências entre diagnósticos do Brasil e do UFC sobre lesão

Para White, a contusão do campeão dos penas não é grave o suficiente para retirá-lo do card, já que, segundo ele, outros atletas já competiram em situações semelhantes. “A lesão que ele teve é igual à que Cerrone tinha quando lutou recentemente. Cerrone foi atingido no corpo e ainda assim venceu a luta. Dan Henderson já lutou com essa lesão e vários outros lutadores”, explicou White, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

O presidente contou qual foi sua reação inicial ao saber da notícia e aproveitou para criticar os métodos de treinamento de Aldo, que se machucou ao levar um chute de um sparring. “Eu tive que me ajoelhar! Eu literalmente tive que me ajoelhar. Depois de tudo que passamos… O cara foi atingido por um chute rodado no corpo, duas semanas antes da luta. O que você está fazendo? Dando um chute como esse em seu parceiro, um campeão mundial, antes da maior luta de sua vida? É uma loucura, cara”, afirmou.

Fertitta também mostrou confiança na realização do combate, mas ressaltou que, caso a luta não saia do papel, o UFC já tem uma alternativa que, segundo ele, não comprometeria o nível do evento. “Estou muito confiante [que a luta vai acontecer]. Mas, obviamente, estamos tentando assegurar que, no final das contas, nós consigamos entregar um grande evento. Então, tivemos que procurar Chad Mendes, que aceitou na hora. Todos os indícios dizem que José estará bem, mas, se algo acontecer, Mendes irá lutar. Então, temos essa carta na manga”, disse Fertitta, também ao “MMA Fighting”. “No momento, a luta está de pé. Mas, se Aldo chegar até nós e dizer que não está bem, sem problemas, temos um plano B. Estou empolgado para o dia 11. Ainda teremos duas lutas pelo cinturão e todas as lutas do card parecem incríveis no papel”, acrescentou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments