McGregor diz que já esperava desistência de Aldo: ‘Eu olhava em seus olhos e via medo’

Irlandês não poupou críticas ao campeão brasileiro e se estranha com rival Mendes durante coletiva de imprensa

C. McGregor (foto) foi às redes sociais comentar lesão de Aldo. Foto: Josh Hedges/UFC

C. McGregor (foto) continuou com sua língua ácida, mudando apenas para o novo alvo: Mendes. Foto: Josh Hedges/UFC

Conor McGregor não deixou barato a saída de José Aldo do UFC 189 e criticou a atitude do lutador brasileiro, a quem acusou de estar fugindo propositalmente da luta que estava agendada para o dia 11 de julho, em Las Vegas.

Veja Também

José Aldo sente a costela e está fora da luta contra Conor McGregor no UFC 189
Galeria: Relembre as cinco vezes em que Aldo se machucou e não lutou pelo título
‘Vou nocauteá-lo, finalizá-lo ou fazê-lo chorar por cinco rounds’, diz Mendes sobre McGregor
Após saída de Aldo, McGregor vira favorito absoluto contra Mendes nas casas de apostas

Em conferência telefônica com a imprensa nesta quarta-feira (1º), o irlandês declarou que não ficou nem um pouco surpreso com a saída de Aldo do card, após o campeão linear dos penas ter sofrido uma lesão na costela.

“Eu pensava que isso iria acontecer muito antes de sua lesão na costela. Assim que a luta foi anunciada, eu vinha pensando nisso. Como eu já disse antes, os olhos nunca mentem, e sempre que eu olhava em seus olhos eu via medo. Eu previa que ele não iria aparecer, então é algo que eu esperava. Mas eu não o culpo. Eu ia assassiná-lo, e eu não iria queria enfrentar isso também. Se ele virar homem, nós certamente iremos nos enfrentar. Mas não sei se ele irá voltar”, disparou McGregor, que considera que a luta que fará contra Chad Mendes, substituto do brasileiro, será pelo posto de campeão real da categoria.

“O relatório médico diz que ele está apto a lutar. Então, se ele tem condições de lutar, mas desistiu, ele deveria ter seu título retirado e a nossa luta seria pelo cinturão real dos penas”, comentou.

Durante a entrevista, McGregor chegou a se desentender com Chad Mendes, que também participou da conferência. O irlandês afirmou que seu adversário não faz parte da elite da categoria, o que irritou o norte-americano.

Acho que Chad é do segundo nível. Ele é um wrestler com a mão pesada, que se cansa. Seu corpo é desproporcional, e isso o deixa cansado. É por isso que vou pressioná-lo e usar cada golpe que eu tenho”, alfinetou McGregor, que ouviu a resposta de Mendes logo em seguida. “Como você vai fazer isso de costas para o chão?”, perguntou.

McGregor rebateu: “O que você vai fazer? Você não sabe nem passar a guarda! Você é um faixa branca no chão. Você vai tentar me amarrar, mas eu vou de detonar mesmo por baixo”, disse, provocando risos do norte-americano. “E o que você vai fazer? Vai fazer um espacate em mim? Vai dar uma de Van Damme?”, questionou. “Eu vou dar um chute bem no meio de sua garganta”, encerrou o irlandês.

Confira os demais destaques da conferência de imprensa:

Conor McGregor

Sobre a mudança de estratégia com o novo adversário

Eu não tenho uma estratégia. Eu só chego lá de maneira implacável, fria, e é isso. Não importa quem está na minha frente, qual seu estilo ou abordagem para a luta. Minha abordagem vai vencer a luta.

Se pensou em recusar a luta com Mendes

Não me passou pela cabeça. A minha mentalidade é de destruir cada um dos lutadores da divisão dos penas, um por um. Não se trata do campeão ou algo do tipo, mas sim eu destruindo um por um, até tornar a categoria a de um homem só. Não importa se é José ou Chad primeiro: cada um vai ter o seu.

Chad Mendes

Apoio do público em Las Vegas

Eu acredito que os norte-americanos e vários brasileiros estarão me apoiando. Tenho muitos fãs, família e amigos que querem me ver destruindo Conor.

Seu estilo de luta

Conor nunca enfrentou alguém como eu antes. Eu tenho o preparo físico, a força, a velocidade e o wrestling para colocá-lo de costas ao chão. Essa luta é minha.

Origem da rivalidade com McGregor

Ele dizer que eu sou baixinho não me incomoda, eu não dou a mínima. Ouvi isso a minha vida inteira. Mas teve um dia que estávamos dando uma entrevista e ele disse que colocaria suas b**** na minha cabeça. Isso fez virar algo pessoal. Isso não se faz.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments