Thales e Bisping discutem feio e quase partem para a briga na pesagem do UFC Escócia

Protagonistas da luta principal do UFC FN 72, brasileiro e inglês trocaram palavras duras, tanto frente a frente quanto nos microfones

Sean Shelby teve que separar Bisping (esq.) e Thales (dir.). Foto: Reprodução

Sean Shelby teve que separar Bisping (esq.) e Thales (dir.). Foto: Reprodução

Quando um atleta é escalado para enfrentar Michael Bisping, ele já sabe que, além de um adversário no octógono, também deve se preparar para ouvir muitas provocações, graças ao estilo ácido do britânico. Mesmo ciente disso, o brasileiro Thales Leites não deixou por menos na pesagem oficial do UFC Escócia, realizada na manhã desta sexta-feira (17) em Glasgow, e respondeu à altura os insultos de Bisping. Após baterem o peso, os dois quase partiram para a briga no palco e tiveram que ser contidos por seus córners e pela equipe do Ultimate.

Veja Também

Mike Tyson rasga elogios a Ronda Rousey: ‘Eu lembro de mim mesmo quando a vejo lutar’
‘Eu teria lutado lesionado com McGregor se pudesse, mas não dava’, admite Aldo
UFC divulga imagem de ator caracterizado como José Aldo para filme sobre a vida do campeão
Vídeo: Assista ao nocautaço de Frank Mir pra cima de Todd Duffee no UFC FN 71

Em sua sexta luta desde que voltou ao octógono, Thales, que está invicto desde que retornou à maior organização de MMA do planeta, não teve dificuldade para se apresentar dentro do limite da divisão de pesos médios. O brasileiro bateu 84 kg com facilidade e se posicionou diante do matchmaker Sean Shelby, que acompanhava as encaradas, apenas aguardando o rival.

Apesar da rivalidade entre Inglaterra e Escócia, Bisping foi bastante aclamado pela torcida ao pisar no palco, e respondeu vibrando bastante. O “Conde”, como é conhecido, também não teve problemas para bater os mesmos 84 kg e confirmou o duelo principal da estreia do octógono em solo escocês.

Ao ficar frente a frente com seu adversário, no entanto, o “velho Bisping” deu as caras e o inglês começou disparou logo uma saraivada de provocações pra cima de Thales. O brasileiro, por sua vez, rebateu no mesmo tom e iniciou uma discussão acalorada. Por diversas vezes, inclusive, era possível perceber que o atleta da Nova União pedia para que Bisping não o tocasse. Finalmente separados, os dois ainda trocaram ameaças com seus dedos indicadores em riste, apontados um para o outro até o momento em que deixaram o palco.

Em entrevista ao narrador Mike Goldberg, Thales Leites disse que, apesar da pequena confusão, está preparado para lidar com o forte ataque psicológico do rival e se mostrou confiante em mais um triunfo. “Eu estou muito confiante, eu tenho um jogo mental muito forte e, com certeza, vou vencê-lo”, garantiu.

Já Bisping, por sua vez, fez questão de agradecer o público escocês, mas não perdeu a chance de alfinetar o brasileiro. “Pessoal da Escócia, obrigado por terem vindo. Eu estou muito feliz por estar aqui e representar o Reino Unido. Esse cara aqui está se achando e eu vou mostrar pra vocês o que vocês pagaram para ver. Obrigado, Glasgow!”, disse.

Brasileiros batem o peso com facilidade

Primeiro brasileiro a pisar no octógono, Leonardo Macarrão não teve dificuldades para bater o peso. O veterano do TUF Brasil 1 cravou os 70,3 kg limites da categoria de pesos meio-médios e comemorou bastante, ainda em cima da balança. Seu rival, o escocês Stevie Ray, é claro, foi bastante aclamado pela torcida local ao pisar no palco. O “Coração Valente”, como é conhecido, também não teve dificuldades para bater o peso e confirmar o duelo que abre o card preliminar.

Outro representante tupiniquim no card principal escocês, o veterano Ivan Batman teve ainda menos dificuldades para confirmar seu duelo diante de Joseph Duffy. Batman bateu 69,9 kg, cerca de 400 g a menos do que o limite da divisão de pesos leves. Já Duffy, conhecido por ter sido o último algoz de Conor McGregor, cravou 70,3 kg e conrimou o duelo.

Encaarada feminina pega fogo

JoJo (esq.) e Cortney (dir.) em encarada tensa. Foto: Reprodução

JoJo (esq.) e Cortney (dir.) em encarada tensa. Foto: Reprodução

Únicas representantes femininas no octógono para o UFC Fight Night 72, Joanne Calderwood e Cortney Casey protagonizaram uma das encaradas mais tensas da pesagem. Após confirmarem o peso, com 51,7 kg para Casey e 52,1 kg para Calderwood, as duas até esboçaram um cumprimento, mas rapidamente se encararam fixamente e chegaram a colar seus narizes, fazendo o clima esquentar. A dupla se enfrenta na terceira luta do card principal.

Confira abaixo os resultados da pesagem do UFC FN 72:

CARD PRINCIPAL 

Peso médio (até 84 kg): Michael Bisping (84 kg) x Thales Leites (84 kg);

Peso leve (até 70,3 kg):Evan Dunham (70,7 kg) x Ross Pearson (70,3 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Joseph Duffy (70,3 kg) x Ivan Batman (69,9 kg);

Peso palha (até 52,1 kg): Joanne Calderwood (52,1 kg) x Cortney Casey (51,7 kg);

Peso meio-médios (até 77,1 kg): Leon Edwards (76,7 kg) x Pawel Pawlak (77,1 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Leonardo Macarrão (70,3 kg) x Stevie Ray (70,3 kg).

CARD PRELIMINAR 

Peso mosca (até 57 kg): Paddy Holohan (57,1 kg) x Vaughan Lee (57,1 kg);

Peso meio-pesado (até 93 kg): Ilir Latifi (93,4 kg) x Hans Stringer (93 kg);

Peso leve (até 70,3 kg): Mickael Lebout (70,3 kg) x Teemu Packalen (70,3 kg);

Peso pena (até 66 kg): Paul Redmond (65,8 kg) x Robert Whiteford (66,2 kg);

Peso galo (até 61,2 kg): Marcus Brimage (61,7 kg) x Jimmie Rivera (61,2 kg);

Peso pesado (até 120 kg): Chris de la Rocha (111,1 kg) x Daniel Omielanczuk (109,8 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments