Minotauro volta a lutar mal e é derrotado por Struve no card principal do UFC 190

Veterano brasileiro não se encontrou com o longo alcance do holandês e levou a pior na decisão dos juízes

Minotauro perdeu para Struve no Rio. Foto: Inovafoto

Minotauro perdeu para Struve no Rio. Foto: Inovafoto

Veja Também

UFC 190: atropelo de Demian e vitória de Warlley são destaques do card preliminar
UFC 190 – Rounda Rousey x Bethe Pitbull – Resultados

Rodrigo Minotauro não foi páreo para Stefan Struve e sofreu nova derrota no card principal do UFC 190, evento realizado na madrugada deste domingo (2), no Rio de Janeiro.

Apesar do grande apoio do público presente na HSBC Arena, o veterano brasileiro acabou não se encontrando com o grande alcance de Struve, o atleta mais alto do UFC em atividade com 2,13 m. Minotauro tentou encurtar e levar ao solo, mas, lento e com pouca explosão, não obteve sucesso.

Struve manteve a luta em pé e foi minando o brasileiro com golpes na longa distância. No primeiro round, o gigante holandês balançou Minotauro mais de uma vez com socos, tendo também abusado dos chutes – tanto na coxa quanto no corpo.

Sem apresentar grandes recursos, Minotauro tentava atacar caminhando pela frente, mas os golpes que acertava não incomodava Struve. Assim, o holandês “cozinhou” a luta até o fim para vencer na decisão unânime dos juízes, com um triplo 30-27.

Esta foi a terceira derrota seguida de Minotauro, que havia perdido para Fabrício Werdum em 2013 e para Roy Nelson no ano passado. Sua última vitória foi em outubro de 2012, quando bateu Dave Herman também no Rio de Janeiro. Já Struve se recuperou de sequência negativa de derrotas e venceu pela primeira vez desde 2012.

Gadelha domina Aguiar e se aproxima de luta pelo título

Gadelha dominou Aguilar no UFC 190. Foto: Inovafoto

Gadelha dominou Aguilar no UFC 190. Foto: Inovafoto

Cláudia Gadelha praticamente garantiu a chance de disputar o cinturão palha feminino do UFC ao superar Jessica Aguilar na abertura do card principal do UFC 190.

A lutadora da academia Nova União dominou as ações em pé, conectando melhores socos – o que provocou um grande ferimento no nariz da mexicana radicada nos Estados Unidos. Além disso, a brasileira aplicou quedas em momentos importantes dos rounds, garantindo, assim, a vitória na decisão dos juízes.

“Dana White, me dê a luta pelo título. Sou a melhor peso palha do mundo”, disse a brasileira logo depois da luta, mandando também um recado à campeã. “Eu quero que você esteja pronta para mim, porque eu vou estar aqui, sinistra, esperando por você.”

Logo depois da luta, o presidente do UFC foi ao Twitter e confirmou que Gadelha será a próxima a lutar pelo título. “Essa luta será divertida”, opinou Dana White.

Pezão faz as pazes com a vitória contra Palelei

Pezão comemora vitória de maneira contida no Rio. Foto: Inovafoto

Pezão comemora vitória de maneira contida no Rio. Foto: Inovafoto

Antônio Pezão espantou a má fase no octógono com uma vitória por nocaute técnico sobre Soa Palelei. O brasileiro, no entanto, não teve um caminho muito fácil na luta.

Palelei incomodou Pezão no primeiro round, especialmente quando conseguiu levar a luta ao solo e trabalhar o ground and pound. A reação do brasileiro foi rápida no segundo assalto ao conectar um upper e joelhadas no adversário prensado à grade. Palelei caiu e Pezão somente teve que finalizar o serviço no chão.

Assim, Pezão vence pela primeira vez desde fevereiro de 2013, quando nocauteou Alistair Overeem. De lá para cá, o brasileiro havia perdido para Cain Velasquez, empatou com Mark Hunt e voltou a sofrer duas derrotas, para Andrei Arlovski e Frank Mir, ambas no Brasil.

Resultados do UFC 190:

CARD PRINCIPAL

Stefan Struve derrotou Rodrigo Minotauro na decisão unânime dos juízes;

Antônio Pezão derrotou Soa Palelei por nocaute técnico no R2;

Cláudia Gadelha derrotou Jessica Aguilar na decisão unânime dos juízes;

CARD PRELIMINAR

Demian Maia derrotou Neil Magny por finalização no R2;

Patrick Cummins derrotou Rafael Feijão por nocaute técnico no R3;

Warlley Alves derrotou Nordine Taleb por finalização no R2;

Iuri Marajó derrotou Leandro Brodinho na decisão unânime dos juízes;

Vitor Miranda derrotou Clint Hester por nocaute técnico no R2;

Guido Cannetti derrotou Hugo Wolverine na decisão unânime dos juízes

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments