Belfort: Aldo é um verdadeiro atleta e McGregor não passa de um falastrão

Brasileiro disse que comportamento do irlandês atrapalha "sonho olímpico" do MMA e exaltou sua trilogia contra Dan Henderson

Vitor (foto) se juntou ao time "anti-McGregor". Foto: Josh Hedges/UFC

Vitor (foto) se juntou ao time “anti-McGregor”. Foto: Josh Hedges/UFC

Desde que ascendeu ao posto de uma das grandes estrelas do UFC na atualidade, o irlandês Conor McGregor não tem parado de colecionar desafetos, e seu comportamento expansivo e provocador é uma das principais justificativas para isso. O mais novo nome na lista de desafetos do irlandês é o brasileiro Vitor Belfort, que fez duras críticas ao estilo “marqueteiro” de McGregor, fez questão de enaltecer José Aldo e valorizar sua trilogia contra Dan Henderson.

Veja Também

Fedor deve anunciar seu destino em ‘duas ou três semanas’
McGregor cita corrupção no Brasil e acusa Aldo de doping: ‘Testem esse cara!’
Dillashaw critica McGregor e diz que irlandês ‘mal apareceu’ no TUF 22
Após igualar recorde, Johnson encosta em Aldo no ranking do UFC

“Essa luta tem história: Belfort x Henderson 3. Não precisamos falar besteira para vendê-la. Será que um dia o MMA será visto mais como esporte e menos entretenimento? Vendo o rumo das coisas, parece que não. Infelizmente os falastrões tem ganhado mais espaço do que os atletas de verdade. Um bom exemplo é o Aldo, um verdadeiro atleta, e o McGregor, um falastrão. Onde vamos parar? Para nos tornarmos um esporte olímpico não adianta só aplicar as regras olímpicas, a organização e os atletas têm que entender que os valor olímpicos também devem ser aplicados. E o respeito é um deles. Não quero que meu filho aprenda que ser lutador é xingar o próximo e só falar de dinheiro. Aqui vai minha consultoria de graça. Eu tenho voz!”, desabafou o “Fenômeno” nas redes sociais.

No dia 7 de dezembro, em São Paulo (SP), Vitor Belfort encara o veteraníssimo Dan Henderson pela terceira vez em sua carreira, em luta que desempatará o saldo do confronto entre eles. Pouco mais de um mês depois, no dia 12 de dezembro, é a vez de Conor McGregor subir ao octógono na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA), para a tão aguardada luta contra José Aldo, valendo a unificação dos cinturões da categoria peso pena.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments