Dillashaw critica McGregor e diz que irlandês 'mal apareceu' no TUF 22 | SUPER LUTAS

Dillashaw critica McGregor e diz que irlandês ‘mal apareceu’ no TUF 22

Campeão dos galos ainda disse que adoraria enfrentar o falastrão no futuro

TJ (foto) disse que adoraria enfrentar McGregor. Foto: Josh Hedges/UFC

TJ (foto) espera enfrentar D. Cruz em sua próxima luta. Foto: Josh Hedges/UFC

Com seu estilo polêmica e irreverente, Conor McGregor tem colecionado desafetos no UFC. O mais recente nome adicionado à extensa lista foi o do campeão dos galos TJ Dillashaw, a quem o irlandês acusou de “traição” contra seu companheiro de Team Alpha Male Urijah Faber. A resposta de Dillashaw veio na mesma moeda, com duras críticas à postura e a pouca frequência com que McGregor aparecia nas gravações do TUF 22.

Veja Também

“Não dá pra falar muito sobre ele no TUF, ele mal apareceu lá. Ele não dava as caras, só aparecia nas pesagens e lutas. Parecia que ele não estava lá para seu time de maneira alguma. Eu aprendi que ele é inteligente quando falamos de marketing, que ele é bom nisso, como ele mesmo diz ‘tem os números”, disse TJ, em bate-papo com a imprensa em Las Vegas (EUA).

Além disso, Dillashaw disse que adoraria enfrentar Conor no futuro, mas que pretende enfrentar o ex-campeão dos galos Dominick Cruz em seguida. “Eu não acredito que haja um único lutador com quem o McGregor não tenha rivalidade hoje em dia. E é divertido, ele é um cara inteligente, que sabe se promover e ele tentou me atacar dizendo que eu sou um ‘traidor’. Mas no fim das contas a gente só ri disso. (…) Eu adoraria lutar contra o McGregor, subir de categoria e enfrentá-lo, é definitivamente algo que eu faria. Mas estou esperando enfrentar Dominick Cruz em seguida. Eu estou esperando ele ficar saudável e essa é a luta que eu quero. Obviamente essa luta ainda não foi anunciada, mas ele é o cara que vai fazer meu nome ser ainda maior. É a luta que faz sentido”, garantiu.

Aos 29 anos, TJ Dillashaw tem um cartel profissional de 12 vitórias e duas derrotas. Campeão dos galos desde maio do ano passado, TJ já tem duas defesas de cinturão da categoria até 61,2 kg e vem de vitória sobre Renan Barão na revanche pelo título em julho deste ano.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments