Dillashaw critica McGregor e diz que irlandês ‘mal apareceu’ no TUF 22

Campeão dos galos ainda disse que adoraria enfrentar o falastrão no futuro

TJ (foto) disse que adoraria enfrentar McGregor. Foto: Josh Hedges/UFC

TJ (foto) espera enfrentar D. Cruz em sua próxima luta. Foto: Josh Hedges/UFC

Com seu estilo polêmica e irreverente, Conor McGregor tem colecionado desafetos no UFC. O mais recente nome adicionado à extensa lista foi o do campeão dos galos TJ Dillashaw, a quem o irlandês acusou de “traição” contra seu companheiro de Team Alpha Male Urijah Faber. A resposta de Dillashaw veio na mesma moeda, com duras críticas à postura e a pouca frequência com que McGregor aparecia nas gravações do TUF 22.

Veja Também

Vídeo: Aldo e McGregor quase brigam e são apartados em coletiva oficial do UFC
McGregor cita corrupção no Brasil e acusa Aldo de doping: ‘Testem esse cara!’
Ronda faz ‘participação especial’ em show de Beyoncé nos EUA
“Pé-quente”, Aldo assiste Fla x Flu ao lado de Marcelo D2 no Maracanã

“Não dá pra falar muito sobre ele no TUF, ele mal apareceu lá. Ele não dava as caras, só aparecia nas pesagens e lutas. Parecia que ele não estava lá para seu time de maneira alguma. Eu aprendi que ele é inteligente quando falamos de marketing, que ele é bom nisso, como ele mesmo diz ‘tem os números”, disse TJ, em bate-papo com a imprensa em Las Vegas (EUA).

Além disso, Dillashaw disse que adoraria enfrentar Conor no futuro, mas que pretende enfrentar o ex-campeão dos galos Dominick Cruz em seguida. “Eu não acredito que haja um único lutador com quem o McGregor não tenha rivalidade hoje em dia. E é divertido, ele é um cara inteligente, que sabe se promover e ele tentou me atacar dizendo que eu sou um ‘traidor’. Mas no fim das contas a gente só ri disso. (…) Eu adoraria lutar contra o McGregor, subir de categoria e enfrentá-lo, é definitivamente algo que eu faria. Mas estou esperando enfrentar Dominick Cruz em seguida. Eu estou esperando ele ficar saudável e essa é a luta que eu quero. Obviamente essa luta ainda não foi anunciada, mas ele é o cara que vai fazer meu nome ser ainda maior. É a luta que faz sentido”, garantiu.

Aos 29 anos, TJ Dillashaw tem um cartel profissional de 12 vitórias e duas derrotas. Campeão dos galos desde maio do ano passado, TJ já tem duas defesas de cinturão da categoria até 61,2 kg e vem de vitória sobre Renan Barão na revanche pelo título em julho deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments