Lutadores apoiam Diaz e citam casos de Anderson Silva e Jon Jones

Diversos nomes do MMA foram às redes sociais criticar punição aplicar ao norte-americano e lembraram doping do Spider e de Bones

Montagem publicada por T. Sylvia ironiza critério nas punições. Foto: Reprodução/Twitter

Montagem publicada por T. Sylvia ironiza critério nas punições. Foto: Reprodução/Twitter

A suspensão de cinco anos, além de uma multa avaliada em mais de R$ 600 mil, para Nick Diaz foi o grande assunto do meio do MMA nesta segunda-feira (14) e provocou diversas manifestações de repúdio entre os lutadores, que consideraram injusta a punição aplicada pelo ex-campeão do Strikeforce. Grandes nomes do esporte foram às redes sociais demonstram apoio a Diaz, e muitos deles inclusive usaram os casos do brasileiro Anderson Silva e do norte-americano Jon Jones como parâmetro para suas críticas.

Veja Também

Diaz recebe cinco anos de suspensão por doping em luta contra Anderson
Diaz se irrita com suspensão: ‘São uns bandidos’
Irado após suspensão, Nick Diaz dispara: ‘Todos os lutadores usam esteroides’
Sonnen anuncia luta contra Barnett, mas peso pesado nega

“Esteroides (Anderson Silva): um ano. Cocaína (Jon Jones): sem suspensão. Maconha (Nick Diaz): cinco anos. Isso diz tudo. Sinceramente, que porcaria é essa!”, escreveu o ex-campeão Tim Sylvia, em tom semelhante ao que publicaram o campeão do Bellator Will Brooks e o ex-lutador e comentarista oficial do Ultimate Kenny Florian. “Eu não concordo com quebrar as regras, mas é maluco aplicar 5 anos de suspensão por maconha no Diaz, mas o Silva levar só um ano por ESTEROIDES”, disparou Will. “Quando você coloca em contexto o que foi a punição do Anderson Silva em comparação com a do Nick Diaz, a decisão da Comissão Atlética é patética”, comentou Florian.

Já a peso palha do UFC Bec Rawlings salientou que considera o lutador culpado por ter sido flagrado pela terceira vez por maconha, mas que a pena aplicada foi exagerada. “Ninguém está dizendo que o Nick Diaz é inocente. Nós estamos dizendo que cinco anos e US$ 150 mil de multa é um crime!”, escreveu.

A ex-campeã do Strikeforce Gina Carano pediu para que a Comissão se retrate publicamente e perdoe Diaz. “Vocês não estão fazendo do Nick Diaz um exemplo, vocês estão parecendo tiranos. Não abusem de sua autoridade. #LibertemNickDiaz e se desculpem. Isso é ridículo”, disse a musa.

Por fim, o vice-campeão do TUF 1 e atual atleta do Bellator Stephan Bonnar classificou a punição como cruel e, indiretamente, convocou uma “revolução” entre os atletas de MMA. “Sério? A Comissão Atlética de Nevada deu 5 anos para o Nick Diaz. Estamos falando de uma punição cruel e incomum. Eu sinto cheio de uma revolução se formando. Vai haver sangue!”, garantiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments