Miesha sugere que Ronda está fugindo de Cyborg: ‘Deviam lutar no peso combinado’

Ex-desafiante ainda aproveitou para desafiar brasileira, mas só se a luta acontecesse no UFC

Miesha (foto) enfrentará brasileira A. Nunes em dezembro. Foto: Strikeforce/Divulgação

Miesha (foto) enfrentará brasileira A. Nunes em dezembro. Foto: Strikeforce/Divulgação

Recentemente, a brasileira Cris Cyborg declarou que acredita ser capaz de baixar para o peso galo, o mesmo de sua grande rival Ronda Rousey. Porém, na opinião da ex-desafiante ao cinturão Miesha Tate, a proposta é injusta para um dos lados. Além de sugerir que Ronda vem fugindo de Cyborg há muito tempo, Miesha disse que o certo seria que elas se enfrentassem em um duelo em peso combinado.

Veja Também

‘Acredito que posso bater o peso de Ronda’, diz Cyborg
Ronda parte em defesa do amigo Nick Diaz: ‘Muito injusto’
Vídeo: Com o punho cerrado, Ronda intimida Holm em encarada na Austrália
Aldo faz antidoping e provoca McGregor: ‘Irlandês idiota, já fez o seu?’

“Eu sei que a carreira da Ronda no começo foi no peso pena e parece que, quando a conversa sobre a luta contra a Cyborg começou a ficar mais séria, ela decidiu descer para 61,2 kg (peso galo). A Ronda é campeã, mas a Cyborg também é. Quando você tem duas pessoas tão dominantes com apenas uma categoria de diferença, para mim faz sentido que elas se encontrem no meio (no peso combinado). Se a Cris também não fosse campeã não estaria dizendo isso”, disse Tate, ao jornal oficial “UFC Tonight”.

A morena ainda aproveitou para tentar cavar um desafio contra Cyborg no futuro, mas estabeleceu condições claras para que isso se concretize. ‘Eu adoraria enfrentar a Cris Cyborg, porque seria maravilhoso enfrentar alguém que conquistou tanto quanto ela. Eu sempre gostei de me desafiar e de enfrentar desafios tão grandes como esse, mas eu acredito que essa luta em 63,5 kg vai acontecer no Invicta FC e não no UFC, e como eu não planejo lutar pelo Invicta tão cedo. Se fosse pelo UFC eu aceitaria”, garantiu.

Antes de pensar em um desafio a Cris Cyborg, ou mesmo projetar um eventual duelo entre a brasileira e Ronda Rousey, Miesha Tate tem outro grande desafio pela frente. No dia 12 de dezembro, Miesha encara a brasileira Amanda Nunes em Las Vegas (EUA). O confronto acontecerá no estrelado card do UFC 194.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments