Diretor de escola exalta Jones após serviço comunitário: ‘Incrível’

Ex-campeão do UFC faz trabalhos com crianças e adolescentes desde que se envolveu em acidente de trânsito, em abril

Jones

Veja Também

Jon Jones se declara culpado e escapa da prisão, mas ficará sob liberdade condicional
Cormier torce para que Jones ‘se torne uma pessoa melhor’
Jon Jones começa a cumprir pena e se diverte em trabalho social com crianças

Depois de cruzar um sinal vermelho, atingir o carro de uma mulher grávida e fugir sem prestar socorro – o que lhe custou o título dos meio-pesados do UFC -, Jon Jones foi colocado em liberdade condicional e condenado a prestar 72 horas de serviços comunitários. Contudo, o lutador está de fato usando a oportunidade para transmitir suas experiências a jovens norte-americanos, o que lhe rendeu elogios.

Na última quinta-feira (15), “Bones” visitou a Sandia Preparatory School, de Albuquerque, cidade onde mora. Seu discurso aos jovens do local mobilizou o diretor da escola, que relatou o episódio ao site norte-americano “TMZ Sports”. “Sua mensagem para a minha equipe foi simplesmente incrível. Seu comportamento como um todo foi ótimo. Esses jovens garotos, desde aqueles da oitava série até os do colegial, são aqueles que realmente se inspiram nele. Acho que eles aprenderam com a experiência e ficaram gratos com a visita de Jon. Eu fiquei”, contou.

Jones foi campeão dos meio-pesados do UFC entre 2011 e 2015, quando teve seu título retirado como punição disciplinar do Ultimate depois da confusão. Atualmente, o dono do título é Daniel Cormier, justamente o último lutador que foi derrotado por Jones dentro do octógono, em janeiro deste ano.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments