Norte-irlandês atira mochila no rival e encarada termina em briga na pesagem do UFC Dublin

Norman Parke jogou uma bolsa rosa em Reza Madadi, que, enfurecido, partiu pra cima do rival e teve que ser contido por Dana White; confira todos os resultados da pesagem

Dana White tenta conter os brigões após confusão na encarada. Foto: Reprodução

Dana White tenta conter os brigões após confusão na encarada. Foto: Reprodução

Veja Também

Confira três curiosidades sobre o UFC FN 76
‘Arrasado’, Joseph Duffy pede desculpas por lesão
Lutador ridiculariza problemas do UFC Dublin com pôster falso

Com tantos problemas assolando o card do UFC Fight Night Dublin, a pesagem do evento aconteceu nesta sexta-feira (23) sem tantas expectativas. Mas uma grande confusão protagonizada pelos atletas da luta co-principal da noite, Norman Parke e Reza Madadi, incendiou o evento e roubou a cena na passagem dos atletas pela balança.

O clima já começou a esquentar quando Reza Madadi desceu da balança logo após bater 70,7 kg. O sueco, que volta ao UFC após cumprir 14 meses de prisão, permaneceu ao lado do presidente Dana White gritando e tentando intimidar Norman Parke, que se pesou logo em seguida e cravou os mesmos 70,7 kg.

A briga entre os rivais, no entanto, teve início com Parke, que, após se reidratar, saiu correndo em direção a Madadi e simplesmente arremessou sua mochila na direção do adversário (ASSISTA ABAIXO). O sueco, obviamente, reagiu partindo pra cima de Norman e a confusão se estabeleceu. Com muita dificuldade, o presidente Dana White e os demais funcionários do UFC conseguiram conter os brigões, mas eles ainda deixaram o palco trocando ameaças, e com a promessa de uma luta quente neste sábado (24).

Brasil tem representante legítima e “adotado”

Única representante tupiniquim no card, Ericka Almeida foi a primeira a subir à balança em seu confronto. Apesar de enfrentar a atleta da casa, Aisling Daly, no entanto, a brasileira não foi vaiada e acabou até arrancando suspiros do público. As duas bateram o peso sem dificuldades e confirmaram a única luta feminina do evento com uma encarada tensa.

Se o Brasil só contou com uma representante legítima, o inglês Darren Till fez questão de aumentar a conta, pelo menos no número de “cidadãos-honorários”. Radicado em terras brasileiras, onde treina no estado de Santa Catarina, Till bateu o peso com a ajuda da toalha e confirmou o duelo contra o dinamarquês Nicolas Dalby.

Luta principal também tem encarada quente

Mas se as encaradas tensas foram a grande marca da pesagem oficial do UFC Fight Night 76, os protagonistas da luta principal da noite não poderiam deixar por menos e também fizeram o clima esquentar ao ficarem frente a frente. Após bater o peso, os pesos moscas Paddy Holohan e Louis Smolka chegaram a colar seus rostos, sob forte manifestação da inflamada torcida irlandesa.

Confira abaixo os resultados da pesagem do UFC Dublin:

CARD PRINCIPAL

Peso mosca (até 57 kg): Paddy Holohan (57,3 kg) x Louis Smolka (57 kg)

Peso leve (até 70,3 kg): Norman Parke (70,7 kg) x Reza Madadi (70,7 kg);

Peso meio-médio (até 77 kg): Nicolas Dalby (77,1 kg) x Darren Till (77,5 kg);

Peso mosca (até 57 kg): Neil Seery (57 kg) x Jon Delos Reyes (57 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3 kg): Steven Ray (70,3 kg) x Mickael Lebout (70,3 kg);

Peso palha (até 52,1 kg): Aisling Daly (52,4 kg) x Ericka Almeida (52,1 kg);

Peso médio (até 84 kg): Scott Askham (83,5 kg) x Krzysztof Jotko (83,9 kg);

Peso meio-médio (até 77 kg): Cathal Pendred (76,7 kg) x Tom Breese (77,5 kg);

Peso pena (até 66 kg): Darren Elkins (66 kg) x Robert Whiteford (66 kg);

Peso médio (até 84 kg): Bubba Bush (83,9 kg) x Garreth McLellan (83,9 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments