UFC sobrevive a contratempos e volta a Dublin com duelo de moscas na luta principal

Em menos de duas semanas, atração sofreu o revés da luta principal e do segundo combate mais importante da noite

Holohan e Smolka fazem a luta principal em Dublin. Foto: Divulgação

Holohan e Smolka fazem a luta principal em Dublin. Foto: Divulgação

Neste sábado (24), o UFC voltará à cidade de Dublin, capital da Irlanda, para realizar mais um de seus eventos na terra de Conor McGregor. O UFC Fight Night 76 será realizado na 3Arena, e, assim como nas outras vezes em que a organização visitou o local, a expectativa é de mais uma vez casa cheia.

Veja Também

Duffy sofre concussão durante treinos e está fora de luta principal do UFC Fight Night 76
‘Arrasado’, Joseph Duffy pede desculpas por lesão
Poirier rebate críticas por não aceitar novo adversário em cima da hora: ‘Calem a boca’
Miocic se lesiona e fica fora do UFC Dublin
Norte-irlandês atira mochila no rival e encarada termina em briga na pesagem do UFC Dublin

Mas se engana quem pensa que a atração é só cercada de notícias boas. Pelo contrário: nas últimas duas semanas, o UFC FN 76 sofreu dois duros golpes que deixaram o card com muito menos brilho.

Primeiro foi a notícia de que Stipe Miocic havia se machucado e não poderia enfrentar Ben Rothwell na luta co-principal do evento. Com 11 dias para a realização da atração, o UFC até tentou encontrar um substituto, mas não teve sucesso. Assim, a luta foi cancelada de vez.

Já o golpe mais duro veio na terça-feira anterior ao UFC FN 76. Principal estrela do show, o irlandês Joseph Duffy não foi liberado pelos médicos para lutar, já que havia sofrido uma leve concussão durante um treino a exata uma semana antes do evento.

Com isso, coube aos pesos mosca Paddy Holohan e Louis Smolka a responsabilidade de encabeçar a atração. Holohan, parceiro de treinos de Conor McGregor, tenta crescer na divisão, com três vitórias e uma derrota no UFC; Smolka tem cartel idêntico na organização, sendo que seu único revés foi diante de Chris Cariaso, ex-desafiante pelo cinturão.

O restante do card basicamente é preenchido por atletas locais. Na segunda luta mais importante da noite, o norte-irlandês Norman Parke mede forças com o sueco Reza Madadi; já Neil Seery enfrenta Jon Delos Reyes, também pelo card principal.

Pode-se dizer que o UFC Fight Night 76 conta com “um representante e meio” do Brasil. Ex-campeã do Jungle Fight, Ericka Almeida tenta sua primeira vitória no UFC diante da irlandesa Aisling Daly; já o inglês Darren Till, radicado em Santa Catarina e que fala português fluentemente, busca seu segundo triunfo em sequência, diante do invicto Nicolas Dalby.

Confira abaixo a ficha técnica do UFC FN 76:

DATA E HORÁRIO: 24/10/2015, a partir das 16h (horário de Brasília)

LOCAL: 3Arena, Dublin, Irlanda

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL

Peso mosca (até 57 kg): Paddy Holohan (57,3 kg) x Louis Smolka (57 kg)

Peso leve (até 70,3 kg): Norman Parke (70,7 kg) x Reza Madadi (70,7 kg);

Peso meio-médio (até 77 kg): Nicolas Dalby (77,1 kg) x Darren Till (77,5 kg);

Peso mosca (até 57 kg): Neil Seery (57 kg) x Jon Delos Reyes (57 kg).

CARD PRELIMINAR

Peso leve (até 70,3 kg): Steven Ray (70,3 kg) x Mickael Lebout (70,3 kg);

Peso palha (até 52,1 kg): Aisling Daly (52,4 kg) x Ericka Almeida (52,1 kg);

Peso médio (até 84 kg): Scott Askham (83,5 kg) x Krzysztof Jotko (83,9 kg);

Peso meio-médio (até 77 kg): Cathal Pendred (76,7 kg) x Tom Breese (77,5 kg);

Peso pena (até 66 kg): Darren Elkins (66 kg) x Robert Whiteford (66 kg);

Peso médio (até 84 kg): Bubba Bush (83,9 kg) x Garreth McLellan (83,9 kg).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments