‘Holm mostrou como seria Floyd x Ronda’, diz pai do pugilista

Floyd Mayweather Sr diz que ex-campeã do UFC irá ‘aprender a tratar melhor as pessoas’ após derrota sofrida na Austrália

Ronda (dir.) e Mayweather (esq.) sempre foram desafetos. Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação/UFC)

Ronda (dir.) e Mayweather (esq.) sempre foram desafetos. Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação/UFC)

Por muito tempo os fãs de MMA se perguntaram sobre como seria uma hipotética luta entre Ronda Rousey e o pugilista invicto Floyd Mayweather. Enquanto ainda não havia perdido em sua carreira, a norte-americana declarava por várias vezes que teria condições de superar Mayweather em um combate de artes marciais mistas. No entanto, o pai e treinador de “Money” considera que a luta de Ronda diante de Holly Holm, no UFC 193, na Austrália, mostrou como seria o confronto caso saísse do papel.

Veja Também

Mayweather defende Ronda de piadas e diz que lutadora dará a volta por cima
Mayweather: ‘Deixem Nick Diaz fumar maconha e curtir sua vida’
Com dinheiro e mulheres seminuas, Mayweather ostenta: ‘Só mais uma festa normal’
Holm é ‘tietada’ por Mayweather e ganha carona de vencedor do Oscar

Diante da também ex-pugilista Holm, Ronda encontrou sérias dificuldades para impor seu jogo, já que a movimentação de pernas da desafiante impediu-lhe de encurtar a distância e levar a luta ao solo. Depois de ser minada por mais de um round, Ronda perdeu sua invencibilidade no MMA profissional ao sofrer um nocaute no segundo assalto.

Floyd Mayweather Sr declarou que o combate entre Ronda e seu filho se desenrolaria de maneira quase idêntica. “Meu filho nunca lutaria com uma mulher, mas, se lutasse, teria sido do mesmo jeito. Se a luta acontecesse, ela nunca colocaria a mão ou o pé em Floyd, porque foi isso o que aquela moça [Holm] fez. Foi muito fácil para ela. Ela provou o que Floyd vinha dizendo, e não acho que Ronda consiga bater aquela garota”, opinou Floyd Sr, em entrevista ao podcast “On The Ropes Boxing Radio”.

Além disso, mesmo que sem criticar Ronda abertamente, Floyd pai acredita que a derrota sofrida na Austrália servirá como lição de humildade para a agora ex-campeã. “Acho que, depois de tudo, ela irá se tornar uma melhor pessoa e irá aprender a tratar as pessoas de uma forma melhor do que faz hoje em dia”, disse.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments