Campeão do TUF vence no UFC 194 e faz apelo por vítimas do rompimento de barragem

Warlley Alves bateu Colby Covington no card preliminar; Léo Santos também venceu, mas Márcio Lyoto foi derrotado

Warlley (foto) conquistou mais uma vitória no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

Warlley (foto) conquistou mais uma vitória no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

Três representantes do The Ultimate Fighter Brasil marcaram a participação brasileira no card preliminar do UFC 194, mas, somente os campeões do reality show conseguiram a vitória e fizeram a festa da torcida brasileira presente na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). Um dos vitoriosos da noite, Warlley Alves, aproveitou o momento e fez um apelo em prol das vítimas do rompimento das barragens da mineradora Samarco em Mariana (MG).

Veja Também

UFC 194 – José Aldo x Conor McGregor – Resultados
Vídeo: Aldo e McGregor acertam as contas no UFC 194
Frankie Edgar atropela Chad Mendes e pede chance por cinturão de José Aldo

Campeão do TUF Brasil 3, Warlley se manteve imbatível no MMA com mais uma vitória por finalização com uma guilhotina. E, ao contrário do que se imagina, já que seu adversário Colby Covington também vinha invicto como profissional, foi tranquila e veio ainda nos primeiros minutos.

Warlley abriu o combate com um chute no corpo bastante potente, que deixou Covington avariado. Rapidamente, o brasileiro tentou sua primeira guilhotina no combate, mas o golpe não foi perfeitamente encaixado. Na segunda oportunidade, entretanto, Warlley, que conquistou duas de suas três vitórias no Ultimate por meio do estrangulamento, não desperdiçou a chance e conquistou a vitóra com pouco mais de um um minuto de combate.

Perguntado pelo comentarista Joe Rogan sobre sua atuação, Warlley, natural da cidade de Governador Valadares (MG), uma das atingidas pela contaminação do Rio Doce, pediu licença e fez um apelo para o público brasileiro para que ajudem as vítimas do desastre. “É meu sonho estar aqui. Eu sonhei desde moleque em estar aqui. Eu estou muito feliz, mas eu queria falar que a minha cidade está passando por um período difícil e pra galera entrar no Instagram porque a gente vai fazer um sorteio para ajudar a cidade, pois somos brasileiros e ajudamos uns aos outros”, disse o lutador.

Agora, Warlley ampliou seu cartel profissional a onze vitórias em onze lutas.

Léo Santos surpreende e nocauteia

Campeão da segunda temporada do TUF Brasil, o veterano Léo Santos é um dos grandes especialistas do jiu-jitsu e, por isso mesmo, deixou o norte-americano Kevin Lee preocupado com seu jogo de chão. Porém, o atleta da Nova União usou todo o seu retrospecto na arte-suave para fintar a trocação, surpreender Lee e vencer por nocaute.

O combate começou com muito estudo de ambas as partes, mas Léo tratou logo de mostrar suas credenciais na luta agarrada ao notar um momento de distração de Lee, que abriu os braços chamando o brasileiro para a luta. Logo em seguida, porém, foi o boxe que fez a diferença e Santos acertou um direto de encontro que abalou Lee. O campeão do TUF ainda conectou mais alguns socos antes da interrupção do árbitro Big John McCarthy.

Vice-campeão do TUF perde a terceira e se complica

Márcio Lyoto, vice-campeão do TUF Brasil 3, abriu o card preliminar do UFC 194 contra Court McGee lutando por seu emprego, já que vinha de dois revezes consecutivos. Porém, o brasileiro voltou a ser derrotado e ficou em uma situação delicada na organização.

No primeiro round, Márcio Lyoto conseguiu controlar bem a distância, mas acabou sendo surpreendido com um golpe rodado. Porém, no fim da parcial, o brasileiro encaixou uma guilhotina justa, com a qual não finalizou o combate, mas garantiu a vantagem na primeira parcial.

Na segunda parcial, entretanto, o ritmo do brasileiro caiu e McGee conseguiu trazer a luta para sua zona de conforto, com a trocação na curta distância e muito jogo de clinch. Na terceira parcial, o cenário se repetiu com o agravante de que dessa vez o norte-americano ainda conseguiu algumas quedas e castigou o rival no ground and pound. Ao término do combate, Court McGee foi declarado vencedor em decisão unânime dos juízes.

Confira abaixo os resultados do UFC 194:

CARD PRINCIPAL

Peso pena: José Aldo x Conor McGregor

Peso médio: Chris Weidman x Luke Rockhold

Peso médio: Ronaldo Jacaré x Yoel Romero

Peso meio-médio: Demian Maia x Gunnar Nelson

Peso pena: Max Holloway x Jeremy Stephens

CARD PRELIMINAR

Urijah Faber venceu Frankie Saenz em decisão unânime dos juízes (29×28, 29×28 e 30×27);

Tecia Torres venceu Jocelyn Jones-Lybarger em decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27 e 30×27);

Warlley Alves finalizou Colby Covington com uma guilhotina a 1m16 do R1;

Léo Santos nocauteou (socos) Kevin Lee aos 3m36s do R1;

Magomed Mustafaev venceu Joe Proctor por nocaute técnico (joelhadas e socos) a 1m54s do R1;

Yancy Medeiros venceu John Makdessi em decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29 e 29×28);

Court McGee venceu Márcio Lyoto em decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28 e 29×28).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments