Empresário confirma que Holly Holm rejeitou luta contra Cyborg

Agente disse que as únicas lutas que interessam à ex-campeão são contra Miesha Tate ou Ronda Rousey

Holm (foto) bateu Ronda e conquistou o cinturão peso galo. Foto: Josh Hedges/UFC

Holm (foto) foi uma das que não quis pegar Cyborg. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Dana diz que Miesha pode defender cinturão no UFC 200
Dana White promete anúncio bombástico para o UFC 200
Gafe: Site do UFC inclui Cris Cyborg em categoria masculina

Logo após o anúncio de que Cris Cyborg finalmente faria sua estreia no octógono, no UFC 198 em Curitiba (PR), dirigentes do Ultimate revelaram que Leslie Smith foi escolhida como adversária da brasileira porque diversas lutadoras disseram não ao duelo. Empresário da ex-campeão Holly Holm, Lenny Fresquez não só confirmou a versão como disse que Holm foi uma das atletas que se negaram a enfrentar Cyborg.

“Nós não estamos interessados nisso (enfrentar a Cyborg) no momento. Ela quer lutar apenas com a Miesha. Miesha estava na Austrália de férias, então eles devem conversar com ela essa semana. Devemos saber nas próximas semanas. Mas, Miesha ou Ronda, ambas as lutas nos interessam”, disse o agente, em entrevista ao “Albuquerque Journal”.

Aos 34 anos, Holly Holm tem um cartel profissional de dez vitórias e uma derrota no MMA. Holm nocauteou Ronda Rousey em novembro do ano passado e conquistou o cinturão peso galo feminino do Ultimate, mas perdeu o título logo em sua primeira defesa, no início do mês de março, quando foi finalizada por Miesha Tate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments